24 abr 2001 - 7h23

Caju: uma história de amor ao Atlético

O sepultamento de Alfredo Gottardi está marcado para às 11h desta terça-feira no cemitério da Água Verde. Caju foi um dos maiores ídolos do Atlético nesses 77 anos do clube. Tanto é verdade que o Centro de Treinamentos mais moderno do país leva o seu nome. O goleiro era estimado até pelo rival, Coritiba, que chegou a homenageá-lo com uma medalha de ouro. “Foi um dos fatos mais comoventes da minha vida”, disse Caju em entrevista ao jornalista Aloar Ribeiro, na Gazeta do Povo de 13.07.98 . Outro fato curioso com o ídolo aconteceu na década de 50, quando já tinha abandonado a carreira. O Botafogo inaugurou os refletores de General Severiano e convidou o Atlético. Só que uma condição foi imposta pelos dirigentes botafoguenses: “Queremos que o Caju jogue!”. Caju negou o convite porque já havia pendurado as chuteiras, mas o então dirigente do Atlético, Ivan Xavier Vianna, implorou e o goleiro aceitou o convite. E lá foi o rubro-negro jogar com Caju no gol. Graças a ele a partida terminou empatada em 0-0. Em 1958 formou a primeira comissão técnica do Brasil juntamente com o jornalista Stenghel Guimarães e o ex-jogador e amigo Jackson Nascimento. O presidente era Carlos Zeefhening e o Furacão conquistou o título em cima dos “coxas” vencendo por 4-2. Além de goleiro, Caju trabalhou nas casas Nikel e ocupou o cargo de diretor do departamento administrativo da Secretaria de Saúde. Em 1999 recebeu o título de Vulto Emérito da cidade de Curitiba, proposto por Mário Celso Cunha.



Últimas Notícias

Notícias

De novo a dupla Fla x Flu

Há jogos que mesmo não sendo decisivos acabam sendo marcantes. Lógico que uma final, uma partida que valha vaga para uma fase aguda de uma…

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…