3 maio 2001 - 23h40

Portuguesa dança o “vira” na Baixada

Com um segundo tempo espetacular a equipe do Atlético Paranaense venceu a Portuguesa por 3-1 na noite de hoje no estádio Joaquim Américo. A Lusa abriu o placar no primeiro tempo com Ricardo Oliveira, numa falha da zaga rubro-negra. Logo aos dez minutos da segunda etapa, o técnico Flávio Lopes tirou o volante Valdir e colocou o atacante Zé Afonso. Depois que Cléber e Ígor foram expulsos num lance isolado, o Furacão foi com tudo pra cima da Portuguesa. Kléber marcou o primeiro, de fora da área. Pouco depois, Adriano, numa tabela com o artilheiro do Brasil, fez um golaço. Quase no fim do jogo Kléber marcou novamente e selou a vitória rubro-negra. Com o placar de 3-1, o Atlético pode perder por 1-0 que mesmo assim estará nas quartas-de-final da Copa do Brasil, onde enfrentará o Corinthians. A arbitragem de Fabiano Gonçalves desagradou pela falta de pulso para com os jogadores paulistas.



Últimas Notícias

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…