9 maio 2001 - 22h36

Furacão empata e elimina a Portuguesa

O Atlético empatou hoje em 1 a 1 com a Portuguesa no Canindé. Com isso, o Furacão repetiu a temporada de 99 e eliminou a Lusa com uma vitória em Curitiba e um empate em São Paulo. Na primeira etapa, a Portuguesa tentou pressionar desde o início para acalmar a torcida. O Atlético, apostando nos contra-ataques, teve a primeira boa chance logo aos 2 minutos, em um cruzamento de Adriano cabeceado por Kléber para linda defesa de Carlos Germano. O gol rubro-negro saiu aos 23 minutos. O artilheiro Kléber recebeu livre na entrada da áerea, avançou, driblou dois adversários com um único gesto e chutou no canto esquerdo de Carlos Germano, marcando um belo gol. Cinco minutos mais tarde, a Portuguesa quase empatou em uma confusão na área, mas o goleiro Flávio tirou. Aos 29, o árbitro Leo Feldmann marcou pênalti de João Miguel em Ricardo Oliveira, ignorando a condição de impedimento do atacante. Foi o próprio Ricardo quem cobrou, mas Flávio pulou bem para sua direita e fez a defesa, sua segunda nesta Copa do Brasil. Depois do pênalti, Adriano e Marquinhos foram expulsos após se desentenderem. Nos últimos minutos, a Lusa aumentou a pressão e perdeu duas boas chances. O segundo tempo foi de baixa qualidade técnica. O Atlético limitou-se a esperar a Portuguesa em seu próprio campo. A Lusa parou nas boas defesas de Flávio e só conseguiu empatar aos 42 minutos, com Lúcio cobrando pênalti. O zagueiro João Miguel voltou a cometer a penalidade máxima e, desta vez, a Portuguesa não desperdiçou. Mesmo assim, o time paulista não teve forças para virar.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

2020, como será?

Já estamos garantidos na Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil, e qual será os objetivos para 2020? Libertadores é um destes objetivos, um sonho…

Brasileiro

Furacão segue subindo

Neste domingo, o Athletico recebeu o Botafogo na Arena da Baixada e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0,…