21 maio 2001 - 7h14

Opinião de Sérgio Tavares Filho

Nesta segunda-feira o colunista faz uma crítica ao elenco do Atlético e em especial aos jogadores Alessandro, Adriano, Kléberson e Kléber e ao técnico Flávio Lopes: “Sem um esquema de jogo definido, o Atlético tornou-se uma presa fácil para os adversários, já que os laterais vez ou outra apóiam o ataque e a defesa bate cabeça toda hora.”



Últimas Notícias

Notícias

De novo a dupla Fla x Flu

Há jogos que mesmo não sendo decisivos acabam sendo marcantes. Lógico que uma final, uma partida que valha vaga para uma fase aguda de uma…

Notícias

Adeus, professor Vadão

Hoje (25) à tarde faleceu Oswaldo Alvarez, o Vadão, que estava internado tratando um câncer no fígado. A notícia vem logo após um domingo nostálgico…

Memória

2002 COM MUITA PAZ

Na tarde do dia 23 de Dezembro de 2001, o Furacão conquistava o seu primeiro título nacional! A partida final, em São Caetano do Sul,…