18 out 2001 - 17h45

Prefeito de Curitiba pede paz no Atletiba

Um almoço de confraternização marcou nessa quinta-feira o início da campanha de paz para o Atletiba que acontece no próximo domingo, a partir das 17 horas, no estádio Couto Pereira.

O almoço foi oferecido pela diretoria do Atlético no Centro de Treinamento do Caju, no Umbará, e teve a presença do prefeito Cassio Taniguchi e da diretoria dos dois clubes, além de representantes da imprensa esportiva.

“Esse congraçamento serve como exemplo de paz aos torcedores que vão assistir ao clássico. Vamos manter essa paz no estádio e garantir um belo espetáculo para a cidade, evitando a violência e o conflito”, disse o prefeito. “Os atos de vandalismo acabam prejudicando os bens públicos e quem acaba pagando é a própria população.”

No Atletiba realizado em fevereiro deste ano foram depredados 36 ônibus e uma estação tubo, ocasionando um prejuízo de R$ 50 mil. Após esse jogo, representantes de todos os segmentos envolvidos tiveram uma reunião e fizeram um acordo para a combater a violência e manter a paz entre as torcidas.

Para o presidente do Atlético, Marcus Coelho, a disputa deve ficar limitada ao campo do jogo. “O gesto do prefeito em participar dessa campanha pela paz no esporte foi muito importante, para dar o exemplo aos dirigentes esportivos e aos torcedores que vão assistir ao clássico.”

Já o dirigente do Coritiba, Francisco Araújo, afirmou que a “guerra” entre as torcidas deve existir somente para estimular os times a fazer uma boa partida. “A rivalidade entre os dois times existe e é sadia e necessária, mas somente dentro do campo.”

Nesta sexta-feira, a diretoria do Coritiba retribui o almoço oferecido pelo Atlético com um almoço oferecido ao prefeito e à diretoria rubro-negra no estádio Couto Pereira.

Fonte: PMC – Foto: Rogério Machado



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…