19 dez 2001 - 20h45

Paixão! Louca, paixão

A avenida principal de Foz do Iguaçu bem que poderia mudar de nome. Nestes últimos dias poderíamos rebatizá-la de Avenida Furacão. Tudo por causa de uma enorme bandeira desfraldada na sacada de Nilton Gomes Filho.

Nilton escreveu para a Furacao.com contando da dificuldade de se torcer para o Atlético Paranaense na fronteira: “a dificuldade em divulgar o Furacão aqui em Foz do Iguaçu é grande; assim como é em todo o interior, mas mesmo assim, procuramos fazer a nossa parte”, disse.

Nilton confeccionou junto com as filhas o enorme bandeirão que já tomou conta de Foz do Iguaçu. Toda cidade da fronteira gostou da idéia e, pouco a pouco, a população vai aderindo as cores do vermelho e do preto.

Mais atleticanos

O internauta Marcelo Danielle, de Ampére, no sudoeste do Estado, escreve para contar que nas lojas de artigos esportivos da cidade a procura pelas camisas do Atlético aumentaram muito e que é uma satisfação andar pelas ruas da cidade desfilando com o manto sagrado.

Direto da França, Wellingthon Santana, nos conta como foi difícil escutar pelas rádios, que têm link na Internet, os jogos do Atlético: “foi muito dificil na primeira fase, quando preferiram transmitir jogos do Flamengo fugindo do rebaixamento ao invés dos jogos do Furacão lutando pela liderança do campeonato. Mas felizmente, a partir das quartas de final, consegui ouvir os jogos do Atlético”.

Roberto Sedôr, de Francisco Beltrão, escreveu para nosso site e enviou até uma sugestão para o Atlético: “Apesar de tudo isso contra e a dificuldade que temos para sintonizar as rádios da capital, tenho notado nos últimos dois anos o crescente número de crianças e jovens que circulam pela cidade com a camisa do Atlético, jovens esses apaixonados pelo Atlético. O clube poderia aproveitar a oportunidade e circular com uma ‘van’ pelo interior do Estado, distribuindo adesivos, flâmulas e vendendo os produtos
oficiais do clube.”

Furacao.com tem uma seção especial sobre isso. Clique aqui e conheça os atleticanos Pelo Mundo.

Foto Blackpower: Valterci Santos – Gazeta do Povo



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…