20 dez 2001 - 21h29

Recorde também está em jogo

Faltam apenas dois gols para o Atlético se tornar o time mais ofensivo em apenas uma edição do Campeonato Brasileiro. A equipe rubro-negra contabiliza 67 gols, dois a menos que o Vasco da Gama, maior marcador, que na edição de 1997 marcou 69 gols.

Porém, resta ao Atlético a partida final contra o São Caetano para tentar igualar ou até mesmo ultrapassar a marca. Quem com certeza fará a diferença é a dupla de ataque. Kléber e Alex Mineiro são os artilheiros do time com 17 e 16 gols, respectivamente, e vão atrás do título e do recorde.

Caso Alex mantenha a média de gols das ultimas duas partidas, o novo recorde já é do Atlético. Na partida contra o Fluminense, o jogador balançou três vezes a rede do adversário. Assim, como na primeira partida da final, domingo passado, contra o São Caetano. “Vou procurar marcar os gols para que o Atlético seja o campeão brasileiro. O resto é conseqüência”, explicou Alex.

O companheiro Kléber retorna ao time após cumprir a suspensão automática e está com o mesmo pensamento de ajudar o time. A artilharia do Campeonato Brasileiro está muito difícil de ser alcançada, já que Romário lidera com 21 gols. Porém, caso venha a marcar um gol na final será o centésimo de Kléber com a camisa do Clube Atlético Paranaense.

“Eu estou pensando unicamente em conquistar o título. Caso marque um gol será importante para o time e também para mim”, afirmou Kléber.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…