2 fev 2002 - 17h09

Treino para a Libertadores

Apesar do primeiro gol sair somente no final do primeiro tempo, o Atlético não teve muitas dificuldades para bater o Mamoré por 3 x 0 na tarde deste sábado. A partida teve total e amplo domínio do time rubro-negro, que só não aplicou uma grande goleada pelo excesso de preciosismo de seus jogadores e pelo forte calor que afetou os atletas.

Foram inúmeras as oportunidades de gol do Furacão no primeiro tempo, mas os jogadores insistiam em não chutar a bola para o gol adversário. Em vez disso, pareciam tentar entrar com bola e tudo.

Quando decidiu chutar o Atlético melhorou e Kleberson acertou dois chutes no travessão do goleiro Caetano. E, finalmente, aos 36 minutos o Atlético abriu o placar. Kleberson lançou Fabiano na linha de fundo e cruzou para Kléber, que apenas teve o trabalho de completar para o fundo das redes.

Na segunda etapa, as duas equipes voltaram com menos disposição, devido ao forte calor, e o rendimento de ambas as equipes caiu. O Atlético continuou com o domínio da partida, mas não conseguia transformar o maior volume de jogo em chances de gol.

Entretanto, aos 9 minutos, o atacante Kléber recebeu dentro da área, livrou-se do zagueiro do Mamoré e bateu firme na bola para marcar seu segundo gol na partida. Com os dois gols de hoje, o matador chegou aos 102 gols com a camisa rubro-negra.

Aos 19 minutos, o técnico Geninho resolveu poupar Kléberson para a Seleção Brasileira. Os 3.426 torcedores que compareceram ao estádio aplaudiram em pé o Xaropinho. Em seu lugar entrou o meia Fabrício que não deixou a desejar e fez uma ótima estréia.

Além de realizar boas jogadas, Fabrício ainda marcou o terceiro gol do Atlético numa bela cobrança de falta aos 30 minutos. E ainda bateu outra falta que passou raspando a trave do goleiro adversário.

Nos acréscimos da partida, Kléber ainda bateu outra falta no travessão e por pouco não ampliou a goleada. Com o resultado de 3 x 0, o Atlético chegou aos 7 pontos e por enquanto ocupa a 5ª colocação na Copa Sul-Minas. Seu próximo desafio na competição será no dia 9 de fevereiro contra o Juventude, em Caxias do Sul.

Atlético 3 x 0 Mamoré
Estádio: Arena da Baixada
Público pagante: 3.426
Árbitro: Sérgio Cristiano do Nascimento (RJ)
Gols: Kléber (2) e Fabrício
Atlético: Flávio (Adriano Passos),
Igor,
Wellington Paulo,
Rogério Corrêa,
Alessandro,
Flávio Luiz (Leonardo),
Kléberson (Fabrício),
Adriano,
Fabiano,
Alex Mineiro e
Kléber. Técnico: Geninho

Mamoré: Caetano,
Cristiano,
Róbson,
Maguinho,
Zé Carlos,
Diego (Rodrigão),
Fábio Costa,
Rodrigo Nosé,
Rolete (Carlos Eduardo),
Edmílson Cenoura e
Reinaldo (Leandro Diniz). Técnico: Waldemar Privati



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…