6 fev 2002 - 20h42

Agüenta aí, Polaco!

Uma misteriosa infecção pode tirar o polonês Krzysztof Nowak dos gramados. O meio-campo de 25 anos e que jogou no Atlético Paranaense entre 1996 e 1997 está com uma grave doença degenerativa no sistema nervoso.

Vários exames foram realizados mas a equipe médica que cuida do jogador ainda não afirmou se ele poderá voltar a atuar ou não.

A última partida que Nowak atuou os 90 minutos foi há mais de um ano. Na ocasião o polonês enfrentou o Bayern Munich. Uma semana depois ele foi substituído aos 11 minutos do primeiro tempo por causa de uma fadiga.

O atual clube do jogador, o Wolfsburg, num belo gesto, prorrogou o contrato de Nowak por mais um ano, além de estar dando toda a assistência que ele necessita.

Toda a equipe Furacao.com torce pela recuperação do polaco.

Atlético: o começo de tudo

O ano ainda era 1996. Há semanas a diretoria do Atlético prometia dois grandes reforços que atuavam no exterior. Alguns nomes surgiram na boca da torcida: seria Edmundo e Élber? Não… num sábado de manhã Nowak e Piekarski eram apresentados na velha Baixada como heróis. Isso porque ninguém os tinha visto jogar.

Pouco a pouco eles foram ganhando o espaço dentro do time comandado por Evaristo de Macedo. E de lá em diante, conquistaram o coração da massa rubro-negra. Quem não esperou o fim do jogo contra o Guarani para ver Piekarski ser levado, de helicóptero, para o Afonso Pena onde embarcaria para defender a seleção polonesa?

Piekarski era conhecido pelo seu jeito ‘boêmio’. Gostava de andar sempre acompanhado de belas mulheres, carros importados, visual da moda. Chegou até a casar com uma curitibana, mas logo se separou. Nowak era mais reservado. Preferia passar as horas com a bela esposa e com o filhinho. Notava-se que o seu jeito era bem mais família, ao contrário do compatriota. No entanto ambos tinham uma paixão: a picanha. Foi difícil deixá-los em forma após esse ‘descobrimento’. Mas como bons profissionais, os polacos entraram no ritmo do professor Riva.

Vale a pena repetir que a nossa equipe torce muito pela recuperação de Nowak. Esperamos que ele siga em frente na luta contra o mal que o atinge no momento.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…