27 fev 2002 - 20h23

¿Que pasa Huracán?

Nem o mais fanático torcedor atleticano está entendendo o que está acontecendo com o futebol atleticano. O time foi Campeão Brasileiro com todos os méritos no ano passado, mas nesta temporada não conseguiu realizar sequer uma boa partida contra uma equipe de porte.

O melhor resultado do time até agora foi uma vitória de 2 x 0 contra o limitado Coritiba. Nas partidas da Libertadores a equipe dá um vexame atrás de outro e está praticamente fora da próxima fase.

No jogo desta noite contra o América de Cali, o elenco atleticano até que começou jogando bem e com vontade. Tanto é que logo no início da partida saiu o gol do Furacão. Flávio Luis arriscou um chute de fora da área e marcou um belo gol encobrindo o goleiro colombiano.

Mas logo após o gol, o time do América começou a se encontrar em campo e equilibrou a partida. Mesmo assim o rubro-negro ainda teve boas chances de ampliar, principalmente com Rogério Corrêa que teve um gol anulado pelo bandeirinha num impedimento duvidoso.

O jogo também marcou a volta do zagueiro Nem, que mostrou estar, ainda, totalmente fora de forma e por isso errou diversos passes.

Entretanto, foi só o segundo tempo começar para começar o festival passes errados do Atlético. O que mais incomodou a torcida foi a forma ridícula com que os jogadores atleticanos erravam os passes. Os mais criticados pela massa foram Alessandro, Fabiano e Cocito.

De tanto errar passes, o América se aproveitou e chegou ao empate após uma jogada na linha de fundo. Marizi aproveitou cruzamento e sacramentou o empate na Baixada aos 35 minutos.

O gol abalou os rubro-negros que não tiveram forças para buscar a vitória. Logo após o apito final, Alessandro e Ferreira trocaram cabeçadas e pontapés e foram expulsos pelo bom árbitro, Carlos Amarilla. Com esse resultado o Atlético continua na última colocação do Grupo 4 da Libertadores e para se classificar para a próxima fase precisa de 3 vitórias em 3 jogos. Porém, se o time continuar jogando do jeito que está, dificilmente conseguirá uma vitória neste grupo.

Súmula:
ATLÉTICO-PR 1 X 1 AMÉRICA DE CALI
Atlético-PR
Flávio, Gustavo, Nem (Leonardo) e Rogério Corrêa; Alessandro, Cocito(Dagoberto), Flávio Luís (Adauto), Kléberson, Adriano e Fabiano; Ilan.
Técnico: Geninho

América de Cali
Barbat; Cano, Asprilla, Tierradentro e Maziri; Zuluaga (Romero), Mafla, Ferreira e Banguero; Vásquez (Navarro) e Moreno (Jaramillo).
Técnico: Jaime de la Pava

Data: 27/2
Local: Joaquim Américo (Arena)
Arbitragem: Carlos Amarilla – PAR
Cartões amarelos: Fabiano, Gustavo e Adauto (Atlético); Zuluaga, Cano, Banguero, Mafla, Maziri e Navarro (América)
Gols: Flávio Luís, aos 3 min do primeiro tempo (Atlético); Jaramillo, aos 35 min do segundo tempo (América)

Fotos: Rodolfo Bührer (Gazeta do Povo)



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…