5 mar 2002 - 5h41

PETRAGLIA RENUNCIA

Mário Celso Petraglia está fora do Atlético. Pelo menos esta foi a decisão do dirigente comunicada ontem aos demais membros da Comissão Gestora e do Conselho Deliberativo do clube. Ontem, a direção rubro-negra se reuniu para tratar de assuntos concernentes às eleições e ao futuro atleticano.

A maior surpresa foi a renúncia de Petraglia, que enviou uma carta através de Eudes Moraes, membro da Comissão Gestora. Na carta, ele declara que sua decisão é irrevogável e que não concorda com a maneira como o clube está sendo dirigido.

O empresário Mário Celso Petraglia chegou ao Atlético na década de 80, fazendo parte da chamada Retaguarda Atleticana. Em 1995, após uma derrota em um Atletiba, iniciou uma revolução no clube. O então presidente Hussein Zraik renunciou e Petraglia assumiu o clube, ao lado de dirigentes como Ademir Adur e Enio Fornéa Jr.

Em 95, o Atlético já não ganhava um título há cinco temporadas. Possuía dívidas e a grande maioria dos atletas não tinha o passe preso ao clube. O rubro-negro havia recém-voltado para a Baixada. Nos últimos sete anos, o Furacão conquistou sete títulos (3 Paranaenses, 1 Brasileiro, 1 Brasileiro da Série B, 1 Seletiva para a Libertadores e 1 Copa Paraná). Além disso, construiu a Arena da Baixada e o CT do Caju.



Últimas Notícias

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…