21 mar 2002 - 1h25

Atlético é a equipe mais indisciplinada

O atual campeão brasileiro é o time mais indisciplinado da Taça Libertadores de América. De acordo com as estatísticas oficiais da Confederação Sulamericana de Futebol, o time paranaense já teve 18 cartões amarelos e quatro expulsões.

O desempenho rubro-negro só é comparado ao Montevideo Wanderers e o Real Potosí, com 15 amarelos e duas expulsões, além do Vélez Sarsfield, com 16 amarelos e uma expulsão.

A explicação pode estar nos maus resultados obtidos pela equipe, que só conseguiu a primeira vitória na quinta rodada, sobre o Olmedo,por 2×0, e mesmo assim continua com chances de classificação à próxima fase.

Outra explicação que parte dos atleticanos é a falta de uma pré-temporada e o condicionamento físico ideal. Depois do título brasileiro, muitos jogadores tiveram as férias alongadas e se apresentaram em épocas diferentes, dificultando o trabalho dos preparadores. “No ano passado estávamos voando.Agora, toda a preparação do primeiro semestre não foi a ideal. Esperamos ter um mínimo de 20 dias durante o meio do ano para deixar os jogadores inteiros para o brasileiro”, afirma o preparador Eudes Pedro.

Até agora, Cocito (foto) foi expulso duas vezes – uma na estréia contra o Bolívar e a outra contra o Olmedo, ambas em casa – e Ilan e Adriano, expulsos no jogo contra o Bolívar, em La Paz.

Na listagem de cartões amarelos aparecem Fabiano (3), Flavio(2), Flávio Luiz (2), Gustavo (2), Alessandro, Nem, Dagoberto, Adauto, Alex Mineiro, Kléber, Ilan, Luisinho Neto e Wellington Paulo.

Em compensação, o time tem o segundo melhor ataque da competição, com 10 gols, empatado com as equipes do Real Potosí, Monarcas Morelia e Nacional. O melhor ataque é o do São Caetano, que marcou 11 gols em quatro jogos.

Fonte: Agência Cone Sul



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…