4 maio 2002 - 10h47

A DÚVIDA CONTINUA, COMPANHEIRO

Com o apoio de mais de 20 mil torcedores, o Atlético tenta abrir vantagem diante do Cruzeiro na decisão da Copa Sul-Minas. A primeira partida acontece neste domingo, às 16 horas, na Arena da Baixada.

Apesar do desfalque do zagueiro Gustavo, que fica de fora por ter sido picado por um inseto, e dos atacantes Dagoberto, servindo a seleção sub-21, e Adauto, operado de uma apendicite, o técnico Geninho acredita que o time poderá garantir o resultado de vitória.

“Voltamos a ter o time com ritmo de jogo e com a mesma pegada do campeonato brasileiro”, afirmou.

Para o ataque, o treinador preferiu deixar a dúvida entre Ilan e Kléber.

Cruzeiro já derrotou

Na abertura da Sul-Minas as duas equipes se enfrentaram na Arena, e o Cruzeiro venceu por 2×0, carimbando a faixa de campeão brasileiro. Por isso, o treinador pede tranqüilidade à equipe e acredita em uma boa vantagem. “Se possível sim, mas a gente tem que reconhecer que nós vamos enfrentar uma grande equipe, muito qualificada. O importante é a gente conseguir um bom resultado aqui que nos dê chance de uma definição lá. Não podemos dar ao Cruzeiro uma vantagem que eles possam administrar lá”, aposta Geninho.

O armador Jussiê treinou normalmente na tarde de sexta-feira na Toca da Raposa II e está confirmado no meio-campo do Cruzeiro. O jogador chegou a ser dúvida devido a dores o joelho direito, mas foi liberado para treinar e não se queixou da lesão.

A única dúvida do técnico Marco Aurélio está no ataque. Fábio Junior treinou bem, mas Lúcio foi quem terminou o treinamento, dando mais velocidade ao time.

Fonte: Agência Cone Sul



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…