8 maio 2002 - 12h29

Departamento jurídico vai apelar

O advogado do Atlético Paranaense, Gil Justen, vai entrar hoje com um pedido de efeito suspensivo no STJD tentando dar condições de jogo para Fabrício e Cocito, que foram suspensos com 3 e 5 jogos respectivamente.

De acordo com o advogado, a possibilidade maior é de que Cocito tenha sua punição revertida em multa. “Vamos alegar que a súmula foi preenchida de maneira incorreta e apresentaremos testemunhos de que ele não ofendeu o árbitro”, revelou Justen.

Caso a pena não seja convertida em multa, o Rubro-Negro pretende verificar se as três últimas partidas da pena serão cumpridas na próxima Sul–Minas ou já na Copa dos Campeões.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…