2 jun 2002 - 1h16

PERTINHO DO TRI

Atlético e Paraná Clube decidem neste domingo, 2 de junho, o título do Supercampeonato Paranaense de 2002. O primeiro jogo, realizado na Arena da Baixada, terminou em uma goleada história para o Furacão: 6 x 1. Para reverter a situação e ficar com o título, o Paraná precisa vencer por pelo menos cinco gols de diferença. Tarefa certamente muito difícil, tendo em vista o futebol apresentado por ambas as equipes na última quinta-feira.

Se apenas sete mil atleticanos viram o show rubro-negro na Baixada, menos da metade poderá acompanhar de perto a conquista do tri. Devido à capacidade reduzida da Vila Capanema, somente três mil ingressos foram liberados para a massa atleticana. Porém, a partida será transmitida ao vivo pela TV Globo para todo o estado do Paraná.

Dentro de campo, o técnico Riva tem algumas dúvidas para escalar sua equipe. O time fez uma brilhante apresentação no primeiro jogo e pode ser reforçado com Adriano e Dagoberto, que voltam a ter condições depois de cumprirem suspensão. Riva bateu o pé e disse que não revelará o time até a hora do jogo.

Portanto, só nos resta tentar adivinhar com qual escalação o Atlético entrará em campo, já que até no último jogo Riva surpreendeu a todos escalando Adauto desde o início. É possível dizer que Flávio, Alessandro, Gustavo, Igor, Fabiano, Cocito, Adriano (foto), Kléber e Alex Mineiro estão confirmados para começarem jogando.

Assim, o sistema defensivo atleticano está composto com os cinco primeiros jogadores. Na meia-cancha, Reginaldo Vital deve ganhar a posição, já que Adauto está machucado e não poderá jogar.

Dagoberto, que volta a ter condições, ficará no banco de reservas como opção para o segundo tempo. Fabiano, machucado, pode ser poupado e substituído por Ivan.

No Paraná Clube, também são grandes as dúvidas do técnico Caio Júnior, mas por outros motivos. Ele acreditava ter entrado com seu melhor time na última quinta e agora não sabe como armar o time para parar a máquina rubro-negra. Assim, Luís Paulo, antigo destaque do time, pode deixar o time titular em função de ter dado muito espaço para o ataque do Atlético. Adriano Chuva e André devem voltar à equipe.

ATLÉTICO: Flávio; Alessandro, Igor, Gustavo e Fabiano (Ivan); Cocito, Flávio Luís, Reginaldo Vital e Adriano; Alex Mineiro e Kléber. Técnico: Riva.

PARANÁ CLUBE: Neneca; Luís Paulo (Goiano), André, Ageu e Fabinho; Hélcio, César Romero, Alexandre e Marquinhos; Maurílio e Adriano Chuva. Técnico: Caio Júnior.

Local: estádio da Vila Capanema, em Curitiba
Horário: 15h55, 2 de junho
Árbitro: Héber Roberto Lopes



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…