11 jul 2002 - 9h57

Sílvio Criciúma chega podendo ser titular

O grupo de jogadores que disputa a Copa dos Campeões, em Fortaleza, ganhou um integrante a mais na tarde de terça-feira, dia 9. O zagueiro Sílvio Criciúma se apresentou ao técnico Riva de Carli para compor o elenco visando a partida do próximo sábado contra o Goiás.
O jogador chegou duas horas atrasado na capital cearense devido a problemas meteorológicos no aeroporto de Curitiba. Mesmo com o atraso, Sílvio conseguiu participar da segunda parte do treinamento, um coletivo de 40 minutos.

O zagueiro não vestiu o colete de titular. Entretanto, as chances do último reforço atleticano na temporada entrar jogando são grandes. O treinador Riva declarou que as características do jogador se enquadram perfeitamente na situação que o Atlético está atravessando na competição.

“O Sílvio é um líder, um orientador do time em campo. Com certeza, ele vai poder acrescentar muito ao grupo. Ele estava treinando em Curitiba e vai ficar à disposição para o jogo frente ao Goiás”, afirmou Riva de Carli.

Na opinião do atleta esta é a hora ideal para estrear no rubro-negro paranaense. A vontade de jogar e poder ajudar o Atlético na conquista de uma vaga é tanta que o zagueiro esquece os quase três meses sem participar de um jogo oficial. A última vez que Sílvio Criciúma atuou foi no dia 18 de abril quando ainda vestia a camisa da Portuguesa e enfrentou o América, equipe do Rio de Janeiro, pelo Rio- São Paulo.

“Mesmo sem participar de um jogo oficial há quase três meses eu nunca parei de treinar. A minha forma física é ótima e o ritmo de jogo eu estou adquirindo nos coletivos. Eu estou à disposição e o Atlético tem boas chances de classificação”, disse o zagueiro.

O preparador técnico Vinícius Eutrópio também desembarcou em Fortaleza para compor a comissão técnica rubro-negra.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Atlético



Últimas Notícias

Opinião

Céu e inferno

Qual a semelhança entre Casemiro Mior, Flávio Lopes, Heriberto da Cunha, Ricardo Drubscky, Leandro Ávila e Fabiano Soares? E entre Geninho, Antonio Lopes, Paulo Cesar…