18 jul 2002 - 18h02

COLOCANDO ORDEM NA CASA

Durante pouco mais de uma hora, o diretor superintendente do Atlético, Alberto Maculan, conversou com o grupo de jogadores no CT do Caju. Em reunião que não contou com a participação da imprensa, a direção cobrou um empenho maior dos atletas. A eliminação na Copa dos Campeões deixou má impressão para o desempenho do time no Campeonato Brasileiro.

Os jogadores admitiram o fraco desempenho e prometeram recuperar a mesma vontade mostrada no ano passado, quando da conquista do Brasileirão. Por outro lado, pediram um apoio ainda maior da direção do clube.

O único jogador autorizado a conversar com a imprensa foi o atacante Alex Mineiro, artilheiro do Atlético no último Brasileirão, ao lado de Kléber. Ele revelou os termos da reunião.

“O Atlético é um todo. Estamos passando um momento difícil. Foram três derrotas que repercutiram muito mal e abalou um pouco o grupo. O Maculan veio para procurar saber o que aconteceu nessas partidas”, disse Alex, revelando que os atletas gostaram da conversa com o diretor. Segundo ele, o objetivo de todos é procurar o melhor caminho para o crescimento do Atlético.

“A resposta que nós demos para ele foi que tivemos 15 dias de pré-temporada, em um trabalho muito bem feito com a comissão técnica, mas não conseguimos fazer um grande torneio”, contou o atacante, que perdeu dois pênaltis na Copa dos Campeões e demonstrou estar fora de forma física.

Alex destacou também que os jogadores sentiram a ausência da diretoria no Nordeste. “Nós cobramos uma presença maior da diretoria junto a nós jogadores. No momento em que nós mais precisávamos, ficamos sozinhos em Fortaleza. Faltou uma cobrança lá, um apoio no momento difícil”, finalizou o atleta.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…