30 jul 2002 - 18h44

FESTA DAS FAIXAS POR CINCÃO

O próximo domingo, dia 4, será um dia de festa para torcida rubro-negra. A Diretoria do Clube Atlético Paranaense programou uma série de eventos que vão anteceder o amistoso contra o Figueirense, às 15 horas, na Arena da Baixada.

As festividades estão programadas para ter início às 14 horas. Um banda realizará uma apresentação aos torcedores presentes no Estádio Joaquim Américo. Logo em seguida, centenas de crianças das escolinhas de futebol do clube desfilarão pelo gramado e distribuirão bolas de futebol aos torcedores.

A parte mais esperada da festa, os torcedores atleticanos aguardam ansiosos este momento há mais de sete meses, será a cerimônia de entrega das faixas. Primeiro será entregue as faixas de Campeão Brasileiro. Todos os jogadores e integrantes da comissão técnica que fizeram parte da excelente campanha receberão a homenagem. Mesmo quem deixou o Atlético será convidado a comparecer para festa. Depois é a vez das faixas de Tri-Campeão Paranaense.

Para finalizar as festividades, a Diretoria atleticana vai entregar uma faixa especial ao Pentacampeão Kleberson. O jogador rubro-negro é o único atleta paranaense a ser convocado e a conquistar uma Copa do Mundo jogando em uma das equipes do Estado do Paraná.

O ingresso para assistir o amistoso entre Atlético e Figueirense foi reduzido para que a torcida atleticana possa lotar a Arena e comemore todas as conquistas junto com a equipe. O preço da entrada será de R$ 5 a arquibancada para todos os torcedores, R$ 30 a cadeira simples e R$ 50 a cadeira executiva.

Os jogadores rubro-negro estão realizando um apelo para que os torcedores doem um quilo de alimento não perecível que será entregue a uma Instituição de caridade a ser definida. Os alimentos estarão sendo recolhidos por funcionários do clube nas entradas do Estádio Joaquim Américo.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Atlético Paranaense



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…