11 ago 2002 - 10h34

RUMO AO BI

O confronto entre campeão e vice do Campeonato Brasileiro 2001 irá se repetir logo na primeira rodada da edição de 2002. O Atlético, atual detentor do título nacional, enfrentará o Guarani, dirigido por Jair Picerni, técnico que comandou o São Caetano na campanha do vice-campeonato do ano passado. As duas equipes jogarão na tarde deste domingo no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

O Atlético tem a dura missão de comprovar que o título de 2001 não ocorreu por acaso. O time que começará jogando conta com quatro titulares campeões: o goleiro Flávio, os laterais Alessandro e Fabiano e o atacante Kléber, além dos então reservas Igor, Rogério Souza, Rodriguinho e Dagoberto.

Outra novidade do rubro-negro estará no banco: o técnico Valdir Espinosa, que iniciará oficialmente seu trabalho na nova equipe. Experiente, ele pretende resgatar o espírito vencedor e apostou em jovens revelações para dar mais motivação à equipe. Assim, promoveu a escalação do volante Allan Bahia e do atacante Dagoberto, jogadores que até o ano passado estavam na equipe de Juniores.

As principais ausências do Furacão são o meia Adriano, ainda sem situação regularizada e o atacante Alex Mineiro, machucado. Dos reforços, apenas o volante Douglas estará à disposição e ficará no banco. Preto, ex-Bahia, aguarda a documentação a ser enviada pelo Vitória de Guimarães. O time ainda não acertou um seguro para o pentacampeão Kleberson, razão pela qual ele também não estará na partida.

Já o Guarani contratou o técnico Jair Picerni na semana passada. Mal assumiu o Bugre e o treinador já foi envolvido em uma série de boatos de que poderia deixar o futebol paulista para dirigir o Cruzeiro. Ele nega o fato e diz que permanecerá no Guarani, equipe pela qual sonha em confirmar sua competência em “acertar” equipes.

Ele terá muito trabalho em Campinas, já que o Guarani não atravessa um bom momento. O clube fez um mau primeiro semestre e fracassou no período de preparação para o Brasileiro. Porém, a chegada do técnico transformou o ambiente, gerando uma motivação que há muito não se via. Pensando na vitória, o elenco tem se esforçado muito nos treinos e se aplicado ao máximo nas jogadas ensaiadas.

O técnico tem duas dúvidas para escalar seu time: no gol, onde Adinam e Edervan disputam a vaga e no ataque, entre João Paulo e Brenner. Edervan tem mais chances, enquanto que o veterano João Paulo deverá começar o jogo formando dupla de ataque com Sérgio Alves. Júnior, que ganhou a vaga no meio na última semana, estará completando 25 anos neste domingo e pretende comemorar o aniversário em grande estilo.

Campeonato Brasileiro

GUARANI

Edervan (Adinam); Patrício, Sangaletti, Gilmar Lima e Émerson Ávila; Émerson, Luis Fernando Martinez, Júnior e Marquinhos; Sérgio Alves e João Paulo (Brenner). Técnico: Jair Picerni.

ATLÉTICO PARANAENSE

Flávio; Alessandro, Igor, Silvio Criciúma e Fabiano; Allan Bahia, Rogério Souza, Fabrício e Rodriguinho; Kléber e Dagoberto. Técnico: Valdir Espinosa.

Local: Brinco de Ouro, em Campinas

Data: 11 de agosto, domingo

Horário: 16h00

Árbitro: Edilson Soares da Silva (RJ)

Confira o especial do Campeonato Brasileiro:



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…