14 ago 2002 - 11h49

Espinosa modifica quatro posições frente ao Bahia

Aos poucos o técnico Valdir Espinosa vai acertando a equipe do Atlético que enfrenta o Bahia, nesta quarta-feira, dia 14, às 21hs 40 min, na Arena da Baixada. Após a derrota para o Guarani na estréia do Brasileirão e podendo contar com três reforços, o treinador atleticano realizou quatro alterações na equipe que perdeu em Campinas.

A grande surpresa foi a saída do zagueiro Sílvio Criciúma para a entrada de Rogério Corrêa. O jogador que foi titular na campanha do Campeonato Brasileiro do ano passado não vinha sendo utilizado na equipe principal durante os treinos coletivos e apenas ficou no banco de reservas na primeiro rodada da competição nacional. Espinosa justificou a mudança afirmando que Corrêa recuperou a boa forma física e está apresentando um bom desempenho nos trabalhos técnicos.

“Após a Copa dos Campeões o Rogério Corrêa perdeu um pouco da forma física e também não participou de alguns treinos devido a problemas particulares. Ele vai entrar no lugar do Sílvio como um substituição normal”, explicou o treinador.

As outras três modificações no Atlético já eram esperadas por todos. Adriano, Preto e Kleberson não participaram da estréia devido a problemas com documentação e a falta de um seguro para o último. Regularizados e com seguro assinado, o trio está escalado para formar o meio campo atleticano frente a equipe baiana.

“Eu estou muito feliz de poder voltar a jogar pelo Atlético. Foram três meses desde de a última partida com a camisa rubro-negra. Agora é pensar em entrar em campo com os companheiros com o objetivo de conquistar a primeira vitória no Campeonato Brasileiro”, disse o Pentacampeão.

O time do Atlético está escaldo com Flávio (Adriano Basso), Alessandro, Igor, Rogério Corrêa, Fabiano, Alan Bahia, Preto, Kleberson, Adriano, Dagoberto e Kleber.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Atlético



Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…

Fala, Atleticano

Pandemia x Pandético

Infelizmente em 2020 tivemos que conviver com esta pandemia, isolando jogadores e torcida, mas como reflexão sabemos que a cada dia que passa esta situação…

Fala, Atleticano

Planejamento

Alguns equívocos sucederam a saída de Thiago Nunes da equipe principal, razão pela qual da queda brutal no desempenho em campo, este recuperado parcialmente para…

Fala, Atleticano

O pior Atletiba que eu vi

Olha, foi “tenso” assistir o Clássico… Sóbrio , ver o jogo, nem pensar… Jesus, que “Show de Horrores” !!!! Uma equipe, tentando jogar apesar de…