17 ago 2002 - 0h42

Antônio Lopes reencontra atleticanos

O jogo da tarde deste sábado, entre Atlético e Vasco, marcará o reencontro do técnico Antônio Lopes com os jogadores rubro-negros. Antes de assumir o cargo de coordenador técnico da Seleção Brasileira, Lopes estava dirigindo o Atlético.

Aceitou o convite de Ricardo Teixeira durante o Campeonato Brasileiro de 2000 e acumulou os dois cargos durante alguns meses. Apesar do pouco tempo passado no Atlético, Lopes fez grandes amizades em Curitiba. Respeita e é admirado por Mário Celso Petraglia, presidente do time paranaense.

Durante sua passagem pela CBF, foi um dos que fez força para que a Seleção ficasse concentrada no CT do Caju, local que considera ideal para a preparação de uma equipe. Entre os jogadores, Lopes também conta com muita popularidade. Os dois maiores exemplos são o lateral Alessandro e o meia Kleberson.

O primeiro trabalhou com o técnico no Vasco, em 1997. Depois, os dois voltaram a se encontrar no Atlético, em 2000. Foi graças ao “delegado” que Alessandro desistiu de abandonar o Furacão e passou de segundo reserva a titular da lateral-direita, firmando-se na posição e chegando a ser convocado para a Seleção Brasileira. Por isso, o jogador não esconde de ninguém que é eternamente grato ao treinador.

Outro que tem muito a agradecer ao técnico é o meia Kleberson. Antônio Lopes aconselhou Felipão a convocar o jogador pela primeira vez para a Seleção, atestando suas qualidades, conhecidas por ele desde 2000.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…