20 ago 2002 - 21h16

Dueglo rubro-negro na Bahia

Vitória e Atlético-PR fazem o duelo rubro-negro desta quarta-feira, às 20h30, no estádio Barradão, em Salvador, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Os baianos, com apenas três pontos, tentam escapar das últimas posições, enquanto o Furacão, com seis pontos, luta pela terceira vitória seguida, que o colocaria mais perto da liderança.

Após o treino realizado nesta terça-feira, no CT do Bahia, o técnico Valdir Espinosa definiu a escalação do Furacão. Ele confirmou as entradas do volante Douglas Silva e do meia Rodrigo na equipe.

Douglas, que teve problemas disciplinares na época do técnico Mário Sérgio e chegou até a ser afastado do grupo, será o substituto de Preto, que sentiu uma lesão muscular na coxa direita na partida frente ao Vasco. Rodrigo entra no lugar de Kleberson, que está com a Seleção Brasileira em Fortaleza.

Quem continua de fora é o zagueiro Gustavo. Ele renovou o contrato no início da semana e precisa readquirir ritmo de jogo antes de voltar ao time. O mesmo vale para o volante Cocito, que continua conversando com a diretoria e deve renovar contrato antes mesmo do jogo contra o Vitória.

Vitória

Para encarar os campeões brasileiros, o técnico Joel Santana pretendia abolir o 3-5-2 utilizado na derrota por 2 x 1 para o Gama, mas um problema de última hora adiou os planos dele: o lateral-direito Maurício voltou a sentir uma contusão no joelho e o departamento médico resolveu submetê-lo a uma cirurgia.

VITÓRIA X ATLÉTICO-PR

Data: 21/8, quarta-feira
Horário: 20h30
Local: Barradão
Árbitro: Edílson Soares da Silva (RJ)
Auxiliares: Aristeu Leonardo Tavares (FIFA-RJ) e Carlos Henrique de Lima (RJ)

Vitória
Jean, Marcelo Heleno (Élson), Eloy e Marcos; Ramalho, Xavier, Fernando, Allann Dellon e Paulo Rodrigues; Aristizábal e André.
Técnico: Joel Santana

Atlético-PR
Adriano Basso, Alessandro, Igor, Rogério Corrêa e Fabiano; Allan Bahia, Douglas Silva, Rodrigo e Adriano; Dagoberto e Kléber.
Técnico: Valdir Espinosa



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…