21 ago 2002 - 22h02

EMPATE DA RAÇA NA BOA TERRA

Foi o empate da raça. O Atlético conquistou um importante ponto em Salvador e continua entre os 5 principais times do país. Os grandes nomes da partida foram o artilheiro Kléber, autor do gol e o goleiro Adriano Basso, que defendeu inúmeras bolas que chegaram ao gol.

No primeiro tempo, o Atlético chegou com perigo só depois dos 20 minutos. Antes disso, Adriano Basso já tinha feitos duas importantes defesas. Aos 30, Rodrigo agrediu um adversário sem bola e foi expulso. Mesmo com um jogador a menos quem mais chegou com perigo foi o Atlético. Dagoberto, Kléber e Adriano se movimentavam bem e davam trabalho a zaga do Vitória.

Só que aos 44, enquanto a torcida baiana já se irritava no Barradão, Fernando chutou de fora da área e surpreendeu Adriano Basso. Um a zero para o Vitória. Com 3 minutos de acréscimo, o Atlético tentou e conseguiu o empate. Numa jogada individual de Kléber, ele fez o seu quarto gol no Brasileiro, chegando a artilharia com Ramón, do Vasco, e Romário, do Fluminense.

No segundo tempo, o Vitória começou com pressão total. Aristizábal acertou um chute forte de fora da área que Adriano Basso espalmou, evitando o segundo gol da equipe baiana. Já na metade do segundo tempo, Kléber quase desempatou. O árbitro marcou impedimento numa jogada duvidosa.

A partir daí o Furacão conseguiu segurar o resultado e partiu para os contra-ataques, com a última grande chance desperdiçada por Kléber depois de um passe do Dagoberto.

O Atlético folga na rodada do fim de semana e só volta a jogar na quarta-feira que vem, dia 28, na Arena da Baixada contra o Palmeiras.

Ficha Técnica

VITÓRIA
Jean; Ramalho, Marcos, Marcelo Heleno e Paulo Rodrigues; Xavier, Fernando, Elson e Samir; André e Aristizábal
Técnico: Joel Santana

ATLÉTICO-PR
Adriano Basso; Alessandro, Igor, Rogério Corrêa e Fabiano; Alan Bahia, Douglas Silva, Rodrigo e Adriano; Kleber e Dagoberto
Técnico: Valdir Espinosa

Local: Barradão
Juiz: Edilson Soares da Silva (RJ)
Cartões amarelos: Igor (A), Bebeto (V), Alan Bahia (A), Elson (V), Ramalho (V)
Cartão Vermelho: Rodrigo (A)
Público pagante: 1933 pessoas
Renda: R$ 19,930

Veja aqui como foi a transmissão on-line da Furacao.com

Foto da capa: Gazeta do Povo
Foto interna: Carlos Santana / A Tarde



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…