17 set 2002 - 12h12

Já virou rotina: Atlético é ‘Top of Mind’



Não tem pra ninguém. Pelo quarto ano consecutivo, o Atlético é o clube de
futebol mais lembrado pelos paranaenses, de acordo com a pesquisa “Top of
Mind”, divulgada hoje pela Revista Amanhã.

O levantamento, realizado pelo Instituto Bonilha, é um “termômetro”
da popularidade de empresas e outras instituições do estado. O Atlético foi
lembrado por 34,3% dos entrevistados, contra 16,9% do Coritiba e 10,8% do Paraná
Clube. O detalhe que chama mais a atenção na edição de 2002 são os números
do Furacão no interior: nada menos do que 32,2% citaram o Atlético como o
primeiro time de futebol que lhe vêm à cabeça, contra apenas 9,6% do
arqui-rival. Mas o rubro-negro mantém a liderança também na capital e Região
Metropolitana, bem como em todas as classes sociais.

Os números dão uma mostra dos frutos que o Clube Atlético Paranaense vem
colhendo pelas boas campanhas realizadas e pela estrutura que o clube tem hoje.
E mostra claramente que, se já tem a maior torcida do estado, o rubro-negro
pode vir a ter uma hegemonia absoluta em breve, se continuar nesta trajetória.

De acordo com a pesquisa, a Copel foi a marca mais citada como “A grande
empresa do Paraná”. Outras marcas líderes são Volkswagen (automóveis),
Renault (montadora), Suvinil (tintas), Sadia (frango), Batavo (leite), Skol
(cerveja), Nokia (telefone celular), TIM (operadora de celular) e Bourbon
(hotel), entre outras categorias pesquisadas.

Confira os números da pesquisa e o texto publicado pela revista Amanhã:


TOTAL 2002 2001

Atlético 34,3% 29,9%
Coritiba 16,9% 24%
Outros 24,6%*

*Paraná Clube 10,8%; Londrina 5%


CLASSE SOCIAL A/B C
D/E

Atlético
45% 34,1% 24,2%
Coritiba
18%
17,2% 14,7%


ÁREA Capital RMC Interior

Atlético 36,5% 41,3% 32,2%
Coritiba 32% 28,7% 9,6%


“Vermelho, só na camisa”

“Enquanto a maioria dos times brasileiros opera no vermelho, o Atlético
Paranaense exibe um balanço sem dívidas. Se os estádios estão caindo aos
pedaços, o clube ostenta a arena mais moderna do país, resultado de um
investimento de R$ 30 milhões. Em um negócio em que a tradição faz a diferença,
o time ousou mudar a logomarca e construir um case de sucesso, reconhecido pelo
Top de Marketing da ADVB, de 1999. Todos esses destaques fazem parte de um
planejamento estratégico de 10 anos, começado em 1995.

A virada foi coroada no ano passado, com a conquista do Campeonato Brasileiro. O
público responde à altura. O Atlético Paranaense também ergue o troféu de
clube mais citado no Top of Mind Paraná 2002. Foram 34,3% de citações, uma
vitória com folga sobre o segundo colocado, o Coritiba, que alcançou um índice
de 16,9%.

A força do time acaba se refletindo na auto-estima do paranaense. Até pouco
tempo atrás, os times locais eram a segunda opção da população, que
lembrava em primeiro lugar dos clubes de outros estados. Agora, o Atlético,
identificado como clube da capital, está caindo nas graças do interior. Com a
campanha “Clube Atlético dos Paranaenses”, a diretoria quer estimular
essa nova paixão.”

Reportagem: Eduardo Aguiar



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Novo “Timoneiro”

Sim.. Estava na cara.. Eduardo Barros, apesar de muito promissor e ser Sim, um nome para treinar a equipe rubro negra.. Ainda estava “Cru” e…