22 set 2002 - 18h19

Castigo no final

Atlético e São Paulo empataram em 1 a 1 em jogo realizado na tarde deste domingo na Arena da Baixada. Com o resultado, as duas equipes se mantiveram nas duas últimas colocações da zona de classificação do Campeonato Brasileiro. O São Paulo é o sétimo, com 20 pontos e o Atlético, o oitavo, com um a menos.

O jogo foi muito bom. Com a Arena praticamente lotada, as duas equipes realizaram bons lances e fizeram valer o espetáculo. Além do empate nos gols marcados, as duas equipes também acertaram a trave do adversário por uma vez. Porém, o Atlético teve mais chances de gol e acabou sendo castigado com o resultado de igualdade. O resultado foi pior ainda para o time da casa pelo fato de ter completado cinco jogos sem vitória.

Além disso, os dois goleiros praticaram ótimas defesas. Adriano Basso defendeu uma cabeçada à queima-roupa e espalmou um chute de longa distância de Júlio Baptista. Roger fez sua parte tirando os chutes de Adriano e Kléber, que tinham endereço certo.

O lance mais incrível da primeira etapa foi protagonizado pelo atacante Luís Fabiano. Ele recebeu lançamento na entrada da área, pela direita. Ele chutou no canto esquerdo de Adriano. A bola tocou na trave, percorreu a linha do gol e saiu para tiro de meta.

No segundo tempo, o Atlético melhorou a partir da entrada do volante Preto em lugar de Kleberson. Aos 30 minutos, Fabiano fez excelente jogada e tocou para Adriano. O meia invadiu a área e cruzou para Dagoberto abrir o marcador. Depois do gol, Oswaldo de Oliveira sacou o zagueiro Júlio Santos e colocou o atacante Leandro, deixando o time mais ofensivo.

Nos contra-ataques, o Atlético ameaçou com Kléber, que chutou na trave direita de Roger. Aos 41 minutos, Rogério Corrêa cometeu falta na entrada da área atleticana. Ricardinho bateu com grande categoria e marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor, empatando o jogo e dando números finais à partida.

Ficha Técnica

ATLÉTICO PARANAENSE: Adriano Basso; Alessandro, Igor, Rogério Corrêa e Fabiano; Douglas Silva, Cocito, Kleberson (Preto) e Adriano; Kléber e Dagoberto. Técnico: Valdir Espinosa.

SÃO PAULO: Roger; Jean, Régis e Júlio Santos (Leandro); Rafael, Fábio Simplício (Dill), Júlio Baptista, Ricardinho e Gustavo Nery; Luís Fabiano e Reinaldo. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Local: Arena da Baixada

Data: 22/9 (domingo), 16h00

Cartões amarelos: Reinaldo, Jean, Ricardinho, Régis, Fábio Simplício, Douglas Silva e Rogério Corrêa.

Árbitro: Antônio Pereira da Silva (GO)

Fotos: Gazeta do Povo.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…