23 set 2002 - 21h48

CHEGA DE BRINCADEIRA

Dos últimos quinze pontos disputados o Atlético só conseguiu 3. Foram três empates e duas derrotas. O ambiente já não é o mesmo de duas semanas, quando o rubro-negrp chegou a liderar a competição. Hoje, com 19 pontos ganhos, o time está em oitavo lugar e com risco de cair do grupo de classificação nesta quarta-feira. O jogo contra o Fluminense vai ser no Maracanã.

O técnico Valdir Espinosa começou a segunda-feira preparando o time que enfrenta o tricolor carioca. Com nenhum problema de contusão ou de cartão, o time deve ser o mesmo quue empatou com o São Paulo, no domingo.

“Não vencemos o São Paulo, mas tivemos uma boa atuação e é isso que vamos levar para o jogo contra o Fluminense. O poder de reação do time após a derrota em casa para o Gama foi muito bom”, afirmou o treinador, que chegou a colar no vestiário um cartaz com a frase ‘Para chegar ao topo, não pare’.

Romário fora

O atacante Romário, segundo principal artilheiro do Fluminense no Campeonato Brasileiro de 2002, com cinco gols, está fora da partida desta quarta-feira contra o Atlético, no Maracanã.

O Baixinho foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva e condenado a um jogo de suspensão por agredir o companheiro de equipe Andrei, velho conhecido da torcida rubro-negra, na derrota do tricolor carioca para o São Paulo por 6 a 0. Clique aqui e leia a reportagem de Ricardo Campelo, na página inicial.



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…