8 out 2002 - 12h52

Conhecidos à vista na Baixada

Se o goleiro Adriano vive a expectativa de enfrentar pela primeira vez seu ex-clube, alguns ex-atleticanos estão hoje do outro lado também.

O treinador Osvaldo Alvarez, o Vadão, até hoje lembrado com carinho pela torcida rubro negra, comanda a Macaca no jogo de quarta-feira. Vadão foi campeão da Seletiva para a Libertadores em 1999 e Paranaense em 2000. O treinador faz questão de frisar a dificuldade que a Ponte Preta deve encontrar na Baixada :

“Jogar na Arena é como jogar no Majestoso. A torcida joga junto e, se você aceitar a pressão, acaba sufocado na defesa. Vamos jogar com uma certa atenção defensiva, mas temos que agredir. Partir para cima com o objetivo de fazer o resultado”, ensina o técnico da Macaca. “Só não podemos aceitar a pressão do Atlético”, conta.

Já o meia armador Alex Oliveira foi campeão estadual em 1998, transferindo-se depois para o Vasco.



Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…

Fala, Atleticano

Pandemia x Pandético

Infelizmente em 2020 tivemos que conviver com esta pandemia, isolando jogadores e torcida, mas como reflexão sabemos que a cada dia que passa esta situação…

Fala, Atleticano

Planejamento

Alguns equívocos sucederam a saída de Thiago Nunes da equipe principal, razão pela qual da queda brutal no desempenho em campo, este recuperado parcialmente para…

Fala, Atleticano

O pior Atletiba que eu vi

Olha, foi “tenso” assistir o Clássico… Sóbrio , ver o jogo, nem pensar… Jesus, que “Show de Horrores” !!!! Uma equipe, tentando jogar apesar de…