15 out 2002 - 21h05

ESTAMOS DE OLHO!

A partida do Atlético contra o Figueirense nesta quarta-feira, em Florianópolis, será a quarta do técnico Gilson Nunes no comando e a quarta vez que ele vai mexer no time de um jogo para o outro. O esquema 3-5-2 será mantido, mas com peças diferentes.

Os zagueiros Gustavo e Wellington Paulo foram sacados. O primeiro chegou a reclamar de sair do time, dizendo que assim não conseguiria ficar novamente em ritmo de jogo depois do período que passou contundido. Ele permaneceu em Curitiba fazendo um trabalho físico diferenciado.

As vagas serão ocupadas por dois jogadores que voltam após cumprir suspensão: Rogério Corrêa e o volante Cocito, que jogará como homem da sobra na defesa.

O volante Douglas Silva levou o terceiro cartão amarelo na partida contra a Portuguesa. Mas o seu nome não estava na comunicação enviada pela CBF (provavelmente a advertência não foi anotada na súmula). Assim, ele está escalado para a partida.

Apesar de Dagoberto ter marcado o único gol do time em São Paulo, vai sair para o retorno do titular Alex Mineiro, que estava cumprindo suspensão.

O Furacão, atualmente em 11° lugar, com 24 pontos, precisa vencer para não se afastar de vez da zona de classificação. Desta maneira, evitaria também uma aproximação do time catarinense, que está na 16ª posição, com três pontos a menos.

FIGUEIRENSE X ATLÉTICO

Data: 16/10
Horário: 20h30
Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis
Arbitragem: Paulo César de Oliveira (FIFA SP)
Auxiliares: : Márcio Luiz Augusto (SP) e William Zaccarias (SP)

Figueirense
Edson Bastos; Márcio Goiano, André Luís e Carlinhos; Paulo Sérgio, Marcinho, William, Igor e Lino; Selmir e Thiago Gentil
Técnico: Muricy Ramalho

Atlético
Flávio; Alessandro, Rogério Corrêa, Ígor, Fabiano e Cocito; Douglas Silva, Kleberson, Adriano, Kléber e Alex Mineiro
Técnico: Gilson Nunes

Fonte: Redação Terra



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…