16 out 2002 - 0h07

Semana do Atleticanismo

Era 1990, quarta-feira a noite, final do campeonato paranaense contra o “coxinha”, 1ª vez que veria o nosso grandioso Rubro-negro em campo. Tinha 9 anos, fui com meu pai, só consigo lembrar do gol de cadeça de Dirceu, no final do jogo, empatando a partida.

Daí em diante foi pura PAIXÃO, já fazem 12 anos que festejo as conquistas do CAP. Me lembro bem da fase do Pinheirão, da semi final contra o Londrina, que perdemos nos pênaltis, era 1992. Me lembro bem de 1995 aquela derrota para os coxas, eu estava com meu pai na arquibancada quando a torcida começou a chingar o time de timinho e meu pai, tambem fanático pelo CAP mandou todos ao nosso redor ficarem quietos ao invez de chingar o time, foi uma confusão só, mas saimos ilesos.

No mesmo ano depois da revira-volta que nos levou à nossa maior conquista, lotavamos a velha Baixada nos jogos da Série-B, contra Mogi-Mirim, Novorizontino, Central de Caruaru, entre outros…Subimos a Série A, pena que nossa diretoria permitiu que o nosso arqui-rival também subisse.
No ano seguinte fui a vários jogos, não me esqueço do Atletiba em que Oséas marcou aos 46 do 2o. tempo e escalou a grade da arquibancada bem na minha frente…foi emocionante. Dai pra frente foram várias conquistas, fui a todas as finais dos estaduais, fui a BH ver o Furacão calar o Mineirão lotado com mais de 50 mil pessoas, passei a noite em claro para comprar meu ingresso para a grande final de 2001 contra o S. Caetano, pena que não pude ir até São Caetano do Sul para ver da arquibancada meu querido Furacão ser Campeão. Mas vibrei muito na nossa praça, festejando com mais de 15 mil atleticanos anestesiados de tanta alegria.

Por isso não podemos abandonar nossas esperanças nesta hora em que o Atlético mais precisa de nós. Vamos vestir nossas camisas, ir aos jogos, torcer, e empurrar o CAP como nenhuma outra torcida do Brasil sabe fazer melhor. E com a nossa torcida unida ninguem consegue segurar o Furacão rumo ao Bi-Campeonato Brasileiro.

Saudações Rubro-Negras.

Anderson Kopytowski
Assist. Administrativo
Curitiba-PR
anderson.kopytowski@bol.com.br

Participe da Semana do Atleticanismo. Envie o seu texto para equipe@furacao.com
com seus dados completos. Estamos esperando.



Últimas Notícias

Opinião

Céu e inferno

Qual a semelhança entre Casemiro Mior, Flávio Lopes, Heriberto da Cunha, Ricardo Drubscky, Leandro Ávila e Fabiano Soares? E entre Geninho, Antonio Lopes, Paulo Cesar…