20 out 2002 - 17h11

QUANDO ESTA FASE VAI ACABAR?

O Atlético perdeu para o Internacional por 3 a 2, em jogo realizado neste domingo na Arena da Baixada. O resultado foi excelente para o colorado gaúcho, que se recuperou da derrota em casa para o Goiás e ultrapassou o Atlético na classificação do Campeonato Brasileiro. Já o rubro-negro permanece com 24 pontos e está há seis jogos sem vencer.

O jogo começou movimentado, já que o Atlético estreava sob o comando de Abel Braga e os jogadores pareciam querer demonstrar garra ao novo técnico. O time da casa criou as melhores chances e esteve a pique de marcar em lances de Dagoberto e Kleberson, que foram parados pelo goleiro Clêmer.

Porém, seguindo o velho ditado, o time da casa não marcou seu gol e acabou levando. Aos 22 minutos, Fernando Baiano livrou-se da marcação de Alessandro na ponta-esquerda e cruzou rasteiro para a área. Mahicon Librelato se antecipou à defesa e tocou para o fundo das redes, partindo para comemorar com a torcida colorada que foi à Baixada.

Imediatamente, a torcida atleticana aumentou o tom dos gritos, apoiando a equipe, que até o momento jogava bem. Inspirado, o Atlético foi para cima do Inter e empatou dois minutos mais tarde. Alex Mineiro recebeu na entrada da área e chutou rasteiro, no canto de Clêmer.

No segundo tempo, o Inter voltou a ficar em vantagem logo no início, aos 2 minutos. O zagueiro Luís Alberto aproveitou uma falha de Alessandro e desviou uma cobrança de escanteio. Três minutos depois, Luís Alberto perdeu seu companheiro de zaga, Ronaldo, que foi expulso após cometer falta violenta.

Mesmo com um a mais, a pressão atleticana não aumentou. O time foi definhando e passando a jogar cada vez pior. Abel Braga trocou o volante Cocito por Alan Bahia, para desespero da torcida, que pretendia ver uma equipe mais ofensiva em campo. Aos 30 minutos, em nova cobrança de escanteio, Luís Alberto novamente desviou de cabeça e ampliou para 3 a 1. Igor, que estava na linha do gol, ainda tentou tirar, mas terminou cabeceando a bola nas próprias redes.

Aos 40 minutos, Kleberson cobrou falta da intermediária e a bola acertou o travessão de Clêmer. Logo em seguida, Fabiano recebeu pela esquerda, avançou e chutou forte, cruzado, sem defesa para o goleiro colorado. Aos 45, Adriano ficou cara a cara com Clêmer, mas acabou chutando a bola no corpo do adversário.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO: Flávio; Gustavo, Igor e Rogério Corrêa (Rodriguinho); Alessandro (Davi), Cocito (Alan Bahia), Kleberson, Adriano e Fabiano; Alex Mineiro e Dagoberto. Técnico: Abel Braga.

INTERNACIONAL: Clêmer; Luisinho Netto, Luís Alberto, Ronaldo e Cássio (Chiquinho); Alexandre, Márcio Guerreiro, Cleitão e Cleiton Xavier (Fabiano Costa); Fernando Baiano e Mahicon Librelato (Chris). Técnico: Celso Roth.

Local: Arena da Baixada

Data: 20/10, às 16h00

Cartões amarelos: Ronaldo, Cássio, Cleitão, Gustavo, Cocito, Dagoberto e Fabiano

Cartões vermelhos: Ronaldo e Gustavo

Árbitro: Antonio Pereria da Silva (GO)



Últimas Notícias

Opinião

Céu e inferno

Qual a semelhança entre Casemiro Mior, Flávio Lopes, Heriberto da Cunha, Ricardo Drubscky, Leandro Ávila e Fabiano Soares? E entre Geninho, Antonio Lopes, Paulo Cesar…