26 out 2002 - 17h59

VITÓRIA COM RAÇA!

O Atlético voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Melhor,
o rubro-negro bateu o Coritiba por 1 a 0, na Arena da Baixada, ampliando a seqüência
sem vitórias do rival. As duas equipes também estão empatadas em pontos
ganhos no Brasileirão.

Com os três pontos, o Atlético-PR chegou aos 27, mesma pontuação do Coritiba.
A equipe alviverde, porém, continua na frente por ter uma vitória a mais no
campeonato. Os dois times seguem com boas chances de classificação à segunda
fase do Brasileirão. O time atleticano não vencia no campeonato havia seis
rodadas, passando esta marca para o time do Coritiba.

A equipe do Coritiba começou a partida melhor que o rival, dominando a bola e
encurralando o Atlético em seu campo de defesa. A primeira chance clara de gol,
porém, foi do Atlético. Aos 10min, Adriano recebeu dentro da área pela
direita e tocou na saída do goleiro Flávio. O zagueiro Edinho Baiano salvou.

Três minutos depois saiu o gol atleticano. Alessandro começou a jogada pela
direita e tocou para Alex Mineiro. O atacante tocou entre três zagueiros do
Coritiba e deixou Kléber livre, na entrada da área. O atacante bateu forte, de
primeira, e acertou o ângulo do goleiro Fernando. Kléber não marcava havia
oito jogos.

O gol atleticano diminuiu o ímpeto coritibano, apesar da equipe alviverde
continuar com mais posse de bola. Buscando os contra-ataques, o Atlético
continuou perigoso na partida. Os dois times, porém, não conseguiram criar
mais grandes oportunidades de gol.

O início da segunda etapa teve o domínio do Atlético. Aos poucos, porém, o
Coritiba equilibrou a partida. Faltou ao time alviverde maior presença
ofensiva. O time coritibano demorou para ameaçar o gol de Flávio e o Atlético
controlou a partida até os 20min.

Apenas aos 22min, Da Silva recebeu na área, limpou o lance e bateu para o gol.
A bola desviou em Cocito, no travessão atleticano e saiu pela linha de fundo.
Após a cobrança, a bola sobrou para Jabá, que bateu forte. Flávio mais uma
vez bem colocado defendeu.

Após a defesa de seu goleiro, o Atlético saiu em rápido contra-ataque. Alex
Mineiro dominou no meio-campo, encarou a marcação de Edinho Baiano, invadiu a
área e bateu na saída do goleiro Fernando, que conseguiu tocar na bola e
salvar sua equipe.

O Coritiba esteve perto de chegar ao empate novamente aos 28min, numa cobrança
de Sérgio Manoel. Flávio, em dois lances, fez a defesa. A partir daí, a
partida começou a ficar nervosa. Aos 33min, o meia Danilo agrediu Dagoberto,
que havia entrado no lugar de Kléber, e foi expulso pelo árbitro.

Com um a menos, o Coritiba praticamente não conseguiu mais chegar ao gol
atleticano. Já o rubro-negro, nos contra-ataques, perdeu boas chances de
ampliar sua vantagem, mas conquistou boa vitória e volta a sonhar com
classificação à segunda fase e bicampeonato nacional.

Local: Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Francisco Carlos Vieira (PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Rogério Carlos Rolim (PR)
Cartões amarelos: Cocito (A), Da Silva (C), Roberto Brum (C), Danilo
(C), Adriano (A), Tcheco (C), Sérgio Manoel (C)
Cartões vermelhos: Danilo (C)
Gol: Kleber, aos 13min

Atlético: Flávio, Alessandro, Rogério Corrêa, Igor e Ivan (David);
Douglas Silva, Cocito, Kleberson e Adriano; Alex Mineiro (Reginaldo Vital) e Kléber
(Dagoberto). Técnico: Abel Braga

Coritiba: Fernando; Reginaldo Araújo, Picoli, Edinho Baiano (Sérgio
Manoel) e Adriano; Danilo, Roberto Brum, Tcheco (Williams) e Lúcio Flávio;
Lima (Jabá) e Da Silva. Técnico: Paulo Bonamigo

Fonte: MBPress



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…