29 nov 2002 - 8h46

Atacante do Internacional morre afogado

O atacante do Internacional de Porto Alegre Mahicon José Librelato da Silva, de 21 anos, morreu na noite desta quinta-feira, em um acidente de carro ocorrido na capital de Santa Catarina, Florianópolis.

De acordo com o 1º Distrito Policial da cidade, o jogador dirigia o seu veículo, uma Ranger placas MAL 0654, na avenida Beira Mar, quando perdeu o controle do veículo, bateu em um poste, atravessou a ciclovia e foi parar no mar, com as rodas para cima.

Librelato ainda foi resgatado com vida, apesar de apenas as rodas do carro terem ficado fora da água, mas não resistiu e morreu no hospital Celso Ramos.

O corpo do atacante deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) de Florianópolis às 23h40.

Dois amigos estavam junto com Librelato no carro. Um deles foi encaminhado para o mesmo hospital, sendo internado em estado grave na UTI. O outro, em estado de choque, teve ferimentos leves e está sob observação, de acordo com a Rádio Gaúcha.

Librelato nasceu no dia 30 de março de 1981 em Orleans, sul de Santa Catarina, e apareceu no futebol no Criciúma, time de uma cidade homônima próxima à que nasceu.

Metade do passe do atacante foi comprado pelo Inter no início do ano. Em sua última partida, Mahicon Librelato marcou o primeiro gol do Colorado na vitória de 2 a 0 contra o Paysandu, em Belém, que evitou a queda da equipe gaúcha para a segunda divisão.

O diretor do Inter Newton Drummond disse, ainda de acordo com a rádio Gaúcha, que todos no clube foram pegos de surpresa com a notícia. Uma comitiva do Colorado vai até a capital catarinense na manhã de sexta para prestar auxílio aos familiares do jogador.

Mahicon jogou contra o Atlético Paranaense na partida do último dia 20/10, na Arena da Baixada. Ele fez o primeiro gol do time gaúcho, que venceu o Furacão por 3-2. Veja as informações da partida clicando aqui.

Equipe Furacao.com com informações do Terra Esporte.



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Vamos, Ó Meu Furacão…

O Athletico vive situação delicada no Brasileirão, na zona de rebaixamento. A equipe buscava reagir – eram oito jogos sem triunfos (três empates e cinco…

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…