28 dez 2002 - 20h36

Heriberto já jogou no Atlético

O nome de Heriberto da Cunha pode soar desconhecido aos jovens torcedores atleticanos, mas o novo técnico rubro-negro tem história no clube. Como jogador, Heriberto foi um meio-campista de razoável destaque no futebol brasileiro, tendo atuado por vários grandes clubes.

Iniciou sua carreira no São Paulo, transferindo-se depois para Portuguesa, Cruzeiro e Santos. Foi contratado pelo Atlético no início da década de 90. Depois, encerrou sua carreira no futebol japonês.

Como técnico, sua trajetória começou como auxiliar de Dario Pereyra, com quem trabalhou no São Paulo e no Atlético Mineiro. Seu primeiro time como técnico foi o CSA, o mesmo de Luiz Felipe Scolari. Neste ano, comandou o Sport na campanha na qual o clube terminou a primeira fase da Série B na segunda colocação.

Mesmo antes de iniciar sua carreira como técnico, Heriberto já demonstrava-se preocupado com a estrutura dos clubes e com a revelação de atletas, política muito prezada pelo Furacão.

Em entrevista concedida ao site FutBrasil quando era auxiliar-técnico do Atlético Mineiro, Heriberto ressaltou a importância da organização de um clube de futebol. “A gente sente a falta de estrutura de base no Atlético (Mineiro), que não permite que um jogador chegue formado no profissional. Temos que lapidar novamente, trabalhar novamente com o atleta. Um jogador saído da categoria de base não sabe cabecear, não sabe como dominar a bola. Pode ser o problema dos campos ruins que eles reclamam. Não temos uma sala de musculação. Se você pega o biótipo dos jogadores do Atlético, é o pior possível”, afirmou ele na ocasião.



Últimas Notícias

Opinião

Céu e inferno

Qual a semelhança entre Casemiro Mior, Flávio Lopes, Heriberto da Cunha, Ricardo Drubscky, Leandro Ávila e Fabiano Soares? E entre Geninho, Antonio Lopes, Paulo Cesar…