17 fev 2003 - 19h13

Opinião: “é hora de acreditar”

Se nós atleticanos, não acreditarmos na volta por cima, pergunto: quem irá
acreditar por nós ?
Enquanto estamos assistindo a queda de produção dos “outros” da capital,
estamos aos poucos reconquistando nosso espaço. Podem estar certos de que a
arrancada com muita ousadia e velocidade pode levar ao cansaço mais rápido. É o
famoso “nadar, nadar e morrer na praia”.

Insisto em dizer que o Furacão inicia um novo tempo, agora com Vadão.
Existe por parte da imprensa local um suposto favorito ao título, e este é de
fato o líder do campeonato, e a realidade nos faz enxergar que o Atlético irá
se classificar, para desespero do arqui-rival. E clássico é clássico, não
existe favorito. E aí pode vir o Tetra, e ainda há quem não acredite !

Diego

A marca do atleticano é justamente a raça e a ousadia. Diego é experiente, tem
a cara do Atlético. Justa a sua expulsão, e justa também a sua atitude, de
impedir que o atacante entrasse com bola e tudo. O goleiro foi e está sendo
criticado. Se fosse driblado, não colocando a mão na bola, fatalmente seria
gol, e aí as críticas poderiam ser piores. Parece que alguém lhe transmitiu o
espírito de luta rubro-negro, o que lhe fez ser arrojado.

Em certas situações,
os riscos tornam-se necessários. De goleiros, estamos bem servidos, não podemos
reclamar.

Rogério Andrade
colunas@furacao.com



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…