11 mar 2003 - 22h44

POR UM SIMPLES EMPATE

O Atlético volta a campo nesta quarta-feira, depois de duas semanas de inatividade. O rubro-negro não disputava uma partida desde a eliminação do Campeonato Paranaense, quando empatou 0 x 0 com o Londrina. Esse jogo contra a Tuna Luso, às 20h30, na Arena da Baixada, também é eliminatório. Só que agora quem tem a vantagem do empate são os atleticanos.

Por ter empatado o primeiro jogo, em Belém (PA), por 2 x 2, o Atlético pode empatar por 0 x 0 ou 1 x 1 que estará classificado. Passando pelo clube paraense, o próximo adversário do rubro-negro na Copa do Brasil será o Sport Recife.

Com o benefício do empate, e prevendo que a Tuna Luso vai se lançar ao ataque, o Atlético prefere agir cautelosamente. Apesar de ter treinado mais de uma vez o esquema 4-4-2, o técnico Oswaldo Alvarez optou por manter o 3-5-2. “É um esquema com o qual o time está mais familiarizado”, justificou.

Sem poder contar com o atacante Dagoberto, que excursiona na Malásia com a Seleção Brasileira Sub-20, o Atlético treinou nestas duas semanas com uma outra dupla de ataque: Ilan e Selmir. Selmir, porém, foi vetado do jogo. Na manhã desta quarta-feira ele sofreu uma distensão e ficará um mês sem atuar. Em seu lugar joga Jadílson (foto).

Na Tuna Luso, o técnico Sinomar Naves altera a escalação e arma um esquema ofensivo para tentar reverter a vantagem dos paranaenses.

ATLÉTICO x TUNA LUSO

Data: 12/03/2003
Horario: 20h30
Local: Arena da Baixada
Árbitro: Wilson Luís Seneme (SP)

Atlético: Diego, Daniel, Igor e Rogério Correa; Alessandro, Cocito, Kleberson, Adriano e Fabrício; Ilan e Jadílson
Técnico: Oswaldo Alvarez

Tuna Luso: André Luis; Valdemir, João Gomes, Guará e Ednilton, Tromba, Bironga, Joacy e Ciro; Jaílson e Toninho
Técnico: Sinomar Naves

Fonte: Futebolpr



Últimas Notícias

Copa do Brasil

Em defesa do título

Pouco mais de um ano depois de levantar a taça da Copa do Brasil, o Athletico retorna à competição no confronto pelas oitavas de final,…