21 mar 2003 - 6h30

A VIDA NO MUNDO DA GUERRA

A passagem deles por Curitiba não agradou a todos. Mas é público que o Atlético Paranaense se perdeu no meio do caminho quando eles foram embora. Valdir Espinosa e Rivelino Serpa dirigiram o rubro-negro no Campeonato Brasileiro por pouco mais de dez rodadas e sempre deixaram o clube entre os oito mais bem classificados da competição. Após perderem para o São Caetano, foram demitidos. Gilson Nunes foi contratado e a partir daí veio a lambança que todo mundo já conhece.

Hoje Espinosa e Serpa estão na Arábia Saudita dirigindo o Riad, clube da capital daquele país e, coincidentemente, rubro-negro. Com quase 3 milhões de habitantes, Riad é a capital da Arábia e vem vivendo uma situação um pouco complicada com o início da Guerra no Iraque. “Não só o povo saudita mas também a Embaixada do Brasil nos passa tranqülidade e a certeza de que este país é seguro e a única implicação com a guerra é a cessão do espaço aéreo para uso americano, mas segundo eles, sem risco para a segurança nacional”, afirma Rivelino Serpa, auxiliar de Espinosa. “Estamos tranqüilos e temos a facilidade de que o Serpa além do inglês fala árabe”, rebate o treinador.

A única dificuldade que eles estão enfrentando é a de manter o clube em que estão na primeira divisão. “A vida é muito tranqüila e continua normalmente, tanto que ontem jogamos mais uma partida da Copa Do Crown Prince Abdallah, tipo Copa do Brasil, mas de um jogo só, e vencemos por 2-1 classificando a equipe para as quartas de final desta competição. A nossa guerra continua sendo a de salvar a equipe do rebaixamento, pois quando chegamos aqui ele estava na zona de descenso, e com o segundo turno já em andamento e por enquanto subimos duas posições e livramos 14 pontos do último colocado, 4 do penúltimo e 3 do antepenúltimo. Realmente a equipe estava muito mal e nossa estréia não foi muito boa, mas após isto fizemos uma reformulação no elenco, dispensamos 8 jogadores e começamos a dar oportunidade a jovens da equipe e estamos invictos a 5 partidas com 2 vitórias e 3 empates e a equipe começando a se estruturar. Agora estamos disputando a Copa do Crown Prince e o campeonato está parado, só reiniciando após o final da Copa que deve acontecer dentro de 4 semanas”, concluiu Serpa.

Valdir Espinosa termina o e-mail afirmando que continua acessando o melhor site do Atlético Paranaense, a Furacao.com, para ficar por dentro das novidades do clube que dirigiu e diz ter saudades da torcida rubro-negra.

Por: Sérgio Tavares Filho



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…

Fala, Atleticano

Foi épico

Assim, como o jogo de Santiago contra a Universidad Católica, estará para sempre na memória de qualquer atlheticano… O que aconteceu ontem na Bolívia, também..…