24 mar 2003 - 23h40

Atlético espera festejar aniversário com a vaga

O presente pode chegar na forma de classificação. Nesta quarta-feira, dia 26, quando o Clube Atlético Paranaense completa 79 anos, o time enfrenta o Sport, em Recife, na partida de volta da Copa do Brasil, precisando vencer pela diferença de dois gols. A torcida atleticana espera que beirando as oito décadas de existência, o rubro-negro paranaense continue disputando a competição que é o caminho mais curto para Taça Libertadores da América.

A delegação atleticana embarcou com destino a capital pernambucana ciente da dificuldade da missão, mas confiante no êxito. A comissão técnica e os jogadores afirmam que tabus e obstáculos fortificam o grupo e dão mais força para o Atlético conseguir o resultado necessário.

“A situação é complicada, mas não é impossível. Nós temos que entrar em campo sabendo da necessidade dos dois gols, porém conscientes que é preciso marcar o primeiro para depois se chegar ao segundo. A equipe não pode ficar ansiosa”, afirmou Vadão.

As maiores esperanças de gols são os atacantes Ilan e Dagoberto. Ilan é o artilheiro na temporada com seis gols e o artilheiro do time na Copa do Brasil com dois gols. Dagoberto volta a vestir a camisa titular após retornar da Malásia onde conquistou um título internacional com a Seleção Brasileira Sub-20.

“A equipe inteira tem a responsabilidade de marcar gols. Porém, a responsabilidade maior é de quem joga na frente. Nós precisamos atuar de forma mais ofensiva para marcar um gol. Assim, a pressão diante do Sport vai aumentar e pode nos favorecer”, disse Ilan.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…