11 abr 2003 - 10h00

Capone é o novo xerife

O Atlético acertou ontem a contratação do zagueiro Capone, do Corinthians. Carlos Alberto de Oliveira, o Capone, completará 31 anos em 23 de maio e nasceu em Campinas. Começou sua carreira em 90 no Mogi Mirim, onde foi treinado pelo técnico Vadão. O jogador era o líbero do famoso Carrossel Caipira, que consagrou Rivaldo, Válber e Leto.

Em 93, teve uma breve passagem pela Ponte Preta, o mesmo acontecendo em 96 pelo São Paulo. Em 97, transferiu-se pela primeira vez para o exterior, tendo atuado no Kyoto Purple-Sanga, mesma equipe de Silas, no Japão.

Voltou à sua melhor fase a partir de 98, quando foi contratado pelo Juventude. Neste ano, foi campeão gaúcho sob o comando de Lori Sandri e da Copa do Brasil sob a ordens de Walmir Louruz. Neste período, atuou com o goleiro Diego, então terceiro reserva do time caxiense.

Depois da conquista da Copa do Brasil, Capone e o atacante Márcio Mixirica foram negociados com o Galatasaray, da Turquia. Ao lado do goleiro Taffarel, os três brasileiros foram campeões da Copa da UEFA em 2000, diante do Arsenal. No mesmo ano, com o reforço do atacante Jardel, venceram a Supercopa da UEFA, diante do poderoso Real Madrid. Além disso, Capone conquistou dois campeonatos turcos e uma Copa da Turquia.

Durante todo o período em que esteve na Turquia, Capone esteve nas listas de reforços dos principais clubes do país, incluindo Internacional, Grêmio, Corinthians, Palmeiras e São Paulo. Por indicação de Carlos Alberto Parreira, o jogador foi para o Corinthians no final do ano passado.

Porém, em função do atraso da regularização de sua documentação, passou várias semanas sem condição de jogo. Quando finalmente foi liberado, não teve chances no time, sendo preterido por Fábio Luciano, Anderson e César. Sem chance no time, ele pediu para ser negociado.

Além do Furacão, o Grêmio também tentou sua contratação, mas perdeu a disputa. O jogador deve chegar hoje em Curitiba para assinar contrato. A diretoria atleticana ainda não confirmou oficialmente o negócio, mas os jornais Gazeta do Povo, Lance! e Jornal do Estado garantiram que a contratação foi fechada.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…