23 abr 2003 - 23h47

Saudades de uma época de ouro

No próximo domingo o programa Camisa 12, da RPC, vai apresentar um VT especial de um goleiro que marcou época no Atlético Paranaense. Roberto Costa, hoje treinador de goleiros do time do Londrina, vai falar sobre alguns dos momentos mais marcantes da carreira profissional.

Natural de Santos, Roberto não esconde que foi em Curitiba que ele foi mais feliz como jogador. Foi no Atlético que o goleiro fez as principais apresentações, tanto que em 1983 (quando o Atlético foi eliminado nas semifinais do brasileirão pelo Flamengo) Roberto foi eleito o melhor jogador da posição e garantiu a bola de ouro da revista Placar. O sucesso o levou a jogar no Vasco da Gama e na Seleção Brasileira.

No Rio, foi vice-campeão justamente contra Washington e Assis, o famoso Casal-20 que marcou época na Baixada e que também formaram dupla no Fluminense. Depois do Vasco, chegou a jogar no Internacional e no América de Rio Preto. Em 1986, voltou ao Furacão.

Revelações

No Camisa 12, o telespectador vai ter a chance de rever grandes defesas de Roberto Costa, todas comentadas pelo ex-goleiro. Durante o programa, o comentarista de futebol e ex-jogador Nivaldo Carneiro, vai falar de alguns fatos engraçados que aconteceram na época.
A reportagem de Leandro Rossito, de Londrina, vai ao ar logo após o Fantástico. Não perca.

A carreira de Roberto Costa:

1971 – Santos
1976 – Comerciário (ex- Criciúma)
1978 – Atlético
1981 – Coritiba
1982 – Atlético
1983 – Vasco da Gama
1984 – Seleção Brasileira
1985 – Internacional e América de Rio Preto
1986 – Atlético

Foto: arquivo Paraná-online



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…