26 abr 2003 - 12h58

Capone é a única dúvida de Vadão

O zagueiro Capone, que poderia fazer sua estréia amanhã pelo Atlético, passou a ser a única dúvida de Vadão para a partida deste domingo, contra o Criciúma.

O atleta, que teve sua situação regularizada perante a CBF, espera por um pronuncimamento dos advogados atleticanos para saber se joga ou não.

O fato é que mesmo com o nome do atleta registrado na CBF, uma claúsula pode tirar o jogador da partida diante do Criciúma amanhã, na Arena da Baixada. A confusão está sendo gerada em torno do artigo 7° do regulamento do Campeonato Brasileiro, que diz o seguinte: “Após a realização da primeira rodada poderão participar da competição os atletas cujos nomes constem do boletim publicado até as 19 horas da véspera do intervalo mínimo de três dias úteis antes da realização de cada partida”.

Porém, a CBF editou uma resolução suprimindo essa exigência para os atletas registrados na última semana, em decorrência do fato de a entidade ter ficado fechada durante quase uma semana em razão dos feriados. Mesmo assim, o STJD entende que tal resolução não tem eficácia para alterar o regulamento do campeonato, que continuaria valendo.

Assim, a escalação do zagueiro representaria um risco para o clube. Caso o departamento jurídico do Furacão opte pela não utilização de Capone, Vadão deve improvisar o volante Juliano na zaga, que jogaria ao lado de Rogério Corrêa.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…