28 abr 2003 - 0h30

Árbitro e auxiliar têm péssimas atuações

O árbitro paulista Cléber Wellington Abade teve uma péssima atuação no jogo entre Atlético e Criciúma, disputado neste domingo na Arena da Baixada. Abade, que apitou um dos jogos da final do Campeonato Paulista deste ano, marcou mal tanto o pênalti em favor do Criciúma quanto o em favor do
Atlético.

Ainda no primeiro tempo, ele anulou um gol legal do atacante Ilan, registrado pelo auxiliar Francisco Rubens Feitosa (foto).
Depois, perseguiu de modo injustificável o atacante
Dagoberto, deixando de marcar diversas faltas sofridas pelo jogador
atleticano.

Recentemente, o ex-árbitro Oscar Roberto de Godói revelou
que prejudicava os jogadores “chatos” deixando de marcar faltas sobre eles.
Segundo Godói, era uma maneira de fazer o jogador parar de reclamar sem
chamar tanta atenção.

Cléber Abade foi o quarto árbitro paulista a
comandar um jogo do Furacão neste Brasileiro. Apenas duas partidas do
rubro-negro não fora arbitradas por um paulista: Atlético-MG (gaúcho) e
Fortaleza (pernambucano).



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…