9 maio 2003 - 9h36

Resumo dos jornais desta sexta-feira

Atlético treina para evitar surpresas no Domingo
Cachorro mordido por cobra tem medo de lingüiça. Parece que o ditado está em voga pelos lados do CT do Caju. Precisando da vitória para se reabilitar no campeonato brasileiro, os jogadores do Atlético não querem que o filme vivido diante do Criciúma se repita diante do Juventude. As razões para isso são as semelhanças entre as duas equipes, que são do interior de seus estados, já conquistaram a Copa do Brasil e jogam um futebol “pegador”, na linguagem do mundo da bola. Agora, o objetivo é muito respeito e cautela para evitar qualquer surpresa. (Leia mais).

 

Atlético vê impasse na lateral
Engana-se quem pensa que a maior dor de cabeça de Vadão é arrumar a defesa. Muito menos os altos e baixos de Kléberson, a má fase de Alessandro ou a indefinição no esquema tático. Há pelo menos dez dias, o treinador tem se desdobrado para administrar uma acirrada disputa pela camisa 6 rubro-negra. (Leia mais).

 

Washington na espera
A contratação do atacante Washington, que estava no Fenerbahçe, da Turquia, pelo Atlético-PR, depende do resultado dos exames que o atleta vem fazendo nos últimos dois dias, em Curitiba. (Leia mais).

 

Atlético mescla o “BBB” com experiência
A contratação de atletas experientes e com larga passagem no futebol brasileiro comprova a mudança de rumos na política do Atlético em 2003. Pressionada pelos resultados ruins e pelo aparente fracasso no lançamento de jogadores jovens no time (carro-chefe da estratégia), a diretoria mudou radicalmente os planos e passou a apostar no certo ao invés do duvidoso. (Leia mais).

 


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Freguês sempre volta…

O jogo de ontem na Baixada merecia torcida. Se não fosse a Pandemia, seguramente teríamos 30 mil pessoas na Arena. O Athetico jogou bem, principalmente…

Fala, Atleticano

O que será amanhã?

Vendo que o Athletico aguarda só o final do Campeonato Brasileiro.. Apesar de ter jogos ainda por realizar, a postura do time nas partidas, diz…

Fala, Atleticano

Acarajé pesado

Fomos para a Bahia, desfalcados enfrentar o time desesperado do Bahia, precisando ganhar para sair um pouco da “fila da Zona”… Fomos com LE improvisado,…