16 maio 2003 - 11h43

Opinião: "Um basta"

Assim como muitos atleticanos, atentei-me à entrevista concedida pelo ex-presidente do Coritiba, Sr. Evangelino da Costa Neves e publicada na edição do último domingo, dia 11 de maio, do jornal O Estado do Paraná.

Sempre ouvi dizer muito que os títulos dos anos 60 e 70 tiveram o auxílio do famoso “apito amigo”. Nos anos 70, dizem ter sido pior, pois além de terem um time muito mais forte que os adversários, esquematizavam por fora para garantir sem problemas.

Em determinado trecho da entrevista, Evangelino confirma, dizendo que “tudo depende do trabalho….na minha época, não vou negar, de que o atleticano não deixou de ter as suas razões (de reclamar)“.

Disse ainda que jamais deixaria de se classificar, como ano passado, tendo jogado as duas últimas partidas contra Figueirense e Gama. “Alguma coisa” poderia ter sido feita.

Simplesmente Evangelino confirmou aquilo que todo atleticano praticamente já sabia. Mas o pior é tê-lo como um dos atuais vice-presidentes da Federação Paranaense de Futebol.

Depois dizem que atleticano é chorão. Sei…

Juarez Villela Filho
colunas@furacao.com



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Freguês sempre volta…

O jogo de ontem na Baixada merecia torcida. Se não fosse a Pandemia, seguramente teríamos 30 mil pessoas na Arena. O Athetico jogou bem, principalmente…

Fala, Atleticano

O que será amanhã?

Vendo que o Athletico aguarda só o final do Campeonato Brasileiro.. Apesar de ter jogos ainda por realizar, a postura do time nas partidas, diz…

Fala, Atleticano

Acarajé pesado

Fomos para a Bahia, desfalcados enfrentar o time desesperado do Bahia, precisando ganhar para sair um pouco da “fila da Zona”… Fomos com LE improvisado,…