28 maio 2003 - 5h01

Escalação diferente mais uma vez

Se o técnico Vadão trabalhou a semana passada com time na ponta da língua, desta vez a situação é bem diferente. Contra o Flamengo o técnico do Furacão só fez uma alteração em relação a partida anterior: Alessandro no lugar de David.

Para o jogo do próximo sábado, diante do Fluminense, em Edson Passos, Oswaldo Alvarez vai ter que fazer, no mínimo, duas mudanças: Capone e Adriano, que receberam o cartão vermelho, estão fora.

A vaga da defesa já tem nome: Igor.’O Atlético é um conjunto. Como a competição é longa sempre as chances vão surgir. Eu sempre joguei ao lado do Rogério Corrêa, fato que permite o entrosamento entre nós’, comentou Igor.

Já no meio-campo a situação é outra. O comandante Rubro-negro ainda não definiu quem entra. Três atletas disputam a vaga: Fabricio (foto), Rodrigo e Fernandinho.

‘Nós vamos com calma. Precisamos analisar quem faz melhor a função para suprir a necessidade das vagas deixadas. A regularidade será levada em conta na hora da decisão do substituto’, explicou Vadão.

[Foto – arquivo Paraná-online]



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Freguês sempre volta…

O jogo de ontem na Baixada merecia torcida. Se não fosse a Pandemia, seguramente teríamos 30 mil pessoas na Arena. O Athetico jogou bem, principalmente…

Fala, Atleticano

O que será amanhã?

Vendo que o Athletico aguarda só o final do Campeonato Brasileiro.. Apesar de ter jogos ainda por realizar, a postura do time nas partidas, diz…

Fala, Atleticano

Acarajé pesado

Fomos para a Bahia, desfalcados enfrentar o time desesperado do Bahia, precisando ganhar para sair um pouco da “fila da Zona”… Fomos com LE improvisado,…