1 jun 2003 - 22h48

Emerson Reikdal acompanhou o jogo no Rio

O torcedor atleticano Emerson Reikdal, correspondente da Furacao.com no Rio de Janeiro, acompanhou a derrota do Atlético na tarde de ontem no estádio Giulite Coutinho.

De acordo com Emerson, o estádio que o Fluminense está mandando os jogos não está de acordo com o Estatuto do Torcedor: “Nas cadeiras existem manchas de poeira e a higiene nas dependências do estádio não existe. Acho que a intenção deles em usar o Giulite Coutinho é de fugir da fiscalização e das obrigações que versam no Estatuto.”

Emerson ainda afirma que não há controle de quem entra no estádio: “Por ser um estádio pequeno, não há necessidade de câmeras. Não tendo registros fica fácil ter confusões”.

Na imagem acima vemos Emerson com a bandeira rubro-negra e amigos atleticanos que se arriscaram no acanhando bairro de Edson Passos, região metropolitana do Rio de Janeiro.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…