11 jun 2003 - 1h02

Vadão misterioso

Diego; Alessandro, Rogério Corrêa, Capone e Ivan; Luciano Santos, Leomar e quem mais? Faltam quatro posições para o técnico Oswaldo Alvarez definir o time que enfrenta o Coritiba no sábado, às 18h, no Couto Pereira.

O mistério do treinador só deve ser desvendado no dia do jogo. Vadão programou dois treinos secretos para confundir a cabeça do técnico adverário, Paulo Bonamigo. Para as vagas de Kleberson, Adriano, Ilan e Dagoberto, são várias as opções do treinador.

A Furacao.com faz uma análise dos possíveis atletas que entrarão em campo no Atletiba. Como nem o esquema de jogo está definido (3-5-2 ou 4-4-2), começamos falando da zaga, que pode ter o retorno de Igor ou Juliano.

Igor
Titular até a quinta rodada, Igor ainda não agradou a torcida do Atlético neste Campeonato Brasileiro. Após sair do time para a entrada do experiente Capone, o zagueiro amargou mais de um mês na reserva. Quando o técnico Oswaldo Alvarez contou com o jogador contra o Fluminense, Igor falhou na cobertura do primeiro gol do time carioca.

Pró – assimila bem os dois esquemas do técnico Vadão
Contra – tem dificuldade na cobertura

Juliano
Destaque da partida contra o Criciúma, Juliano está fora desde a partida contra o Cruzeiro, quando tentou sair jogando e presenteou o ataque mineiro. Revelado nas categorias de base do Atlético, o zagueiro também tem características de volante e pode ser a surpresa do técnico Vadão para o clássico.

Pró – atua como terceiro zagueiro ou volante.
Contra – Dificuldade de sair jogando

No meio de campo a briga é por duas posições. Com Kleberson e Adriano servindo a Seleção Brasileira, a disputa vai ser entre cinco jogadores.

Rodrigo
O preferido de Vadão. Saiu jogando contra a Ponte Preta e fez o primeiro gol do Atlético na partida. Tem facilidade do domínio de bola, mas o sucesso de um jogo sobe à cabeça. Chegou a ser afastado pelo ex-treinador Heriberto da Cunha, mas com o apoio da diretoria, foi reintegrado ao elenco. É o substituto imediato de Kleberson.

Pró – características parecidas com as de Kleberson
Contra – erra muitos passes

Izaías
Foi atleta do técnico Oswaldo Alvarez na Ponte Preta. No último domingo fez a estréia com a camisa do Atlético nos minutos finais. Entrou para segurar o jogo. É volante e poderia fechar o meio-campo, anulando as jogadas de ataque do Coritiba, principalmente com Jackson, que deve ser escalado como ala-direito.

Pró – se Vadão precisar reforçar o meio, Izaías é o nome certo
Contra – Falta ritmo de jogo

Douglas Silva
Passou os últimos quatro meses no departamento médico. Também tem características defensivas mas se arrisca no ataque. Tem bom domínio de bola e pode ajudar na criação.

Pró – muita raça e vontade
Contra – com muita vontade, faz faltas que são interpretadas como violentas

Fabrício
Outra opção de Oswaldo Alvarez. Canhoteiro, pode ser o ponto de equilíbrio de Ivan. Às vezes some do jogo mas sempre coloca perigo nas cobranças de bola parada.

Pró – cobranças de falta perto da área
Contra – Teve diversas oportunidades e ainda não soube se segurar como titular

Jadson
Com apenas 19 anos, o garoto de Londrina vem sendo um dos destaques do time junior do Atlético. Entrou em campo na partida contra a Ponte Preta e ajeitou o meio-campo. Na ausência de Adriano, Jadson pode ser o novo camisa oito do Furacão.

Pró – habilidoso e de raciocínio rápido para os contra-ataques
Contra – sair jogando num Atletiba pode pesar para o garoto

Ricardinho, Selmir, Lobatón e Lê são os nomes para o ataque, nas ausências de Ilan e Dagoberto.

Ricardinho
Deve sair jogando na posição do Dagoberto. É ágil e pode complicar a defesa pesada do Coritiba.

Pró – habilidoso, é conhecido como o “Rei do Drible”
Contra – prende a bola demais e ‘mata’ o contra ataque.

Selmir
Saiu jogando contra a Ponte Preta e foi substituído no segundo tempo. Teve boa movimentação e fez a tabelinha para Rodrigo marcar um golaço.

Pró – Vadão já o colocou como titular uma vez
Contra – Pesado, o ataque perde em mobilidade

Lobatón
De acordo com uma pesquisa do site Furacao.com, Lobatón é o preferido para o ataque. Tem carisma e pode agitar o clássico com o jeito maluco.

Pró – preferido da torcida
Contra – vem de uma séria lesão nos dois joelhos. Foi operado e fez tratamento por 6 meses no CT


Contratado para o time junior, Lê foi a grande estrela do Caxias, em 2002. Deve ficar no banco.

Pró – histórico de goleador
Contra – ainda não está ambientado com o clima de Atletiba



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…