29 jun 2003 - 16h53

Outra derrota fora. Até quando?

A história se repetiu. Mais uma vez o Atlético jogou mal fora de casa neste Brasileirão e perdeu para o Vitória por a 1 a 0 neste domingo, no estádio Barradão. Até agora, o Furacão não conseguiu sequer uma vitória fora da Arena da Baixada, o que complica sua situação na tabela do campeonato.

Mesmo contando com três jogadores da Seleção Brasileira – Kleberson, Adriano e Ilan -, o rubro-negro não conseguiu se impôr e foi derrotado em uma partida de baixa qualidade técnica.

Aproveitando falhas de Izaías e Rogério Corrêa, o Vitória criou boas chances desde o início da partida. Aos 4 minutos, o atacante Nádson invadiu a área e chutou para o gol. A bola passou à direita de Diego e foi para fora. Logo depois, Kleberson cobrou uma falta de longa distância e o goleiro Paulo Musse fez boa defesa.

Aos 9, Diego fez sua melhor intervenção na partida. Zé Roberto aproveitou cruzamento da direita e cabeceou para o chão. Diego voou para a direita e espalmou para o lado, evitando aquele que seria o primeiro gol do time baiano. O meia Róbson Luís, que pela primeira vez começou um jogo do Brasileiro, machucou-se em uma jogada no meio-campo e foi substituído pelo atacante Samir, que entrou com muita disposição.

O jogo começou a se complicar para o Atlético aos 44 minutos, quando Izaías esticou a perna e atingiu o meia Vânder na entrada da área. O árbitro Rogério da Costa, que já havia advertido o jogador com o cartão amarelo, expulsou Izaías e deixou o Furacão com um jogador a menos.

Poucos jogadores tiveram uma boa atuação no primeiro tempo. Sequer Dagoberto, que havia sido o destaque do time nos últimos jogos, conseguiu mostrar um bom futebol. O Atlético cometeu várias faltas na entrada da área e se arriscou a levar um gol de bola parada.

Segundo tempo

Vadão optou por não fazer nenhuma substituição na equipe no intervalo. Kleberson foi recuado para ajudar na marcação e, mesmo com um a menos, o Atlético manteve maior posse de bola no início da etapa final. Aos 16 minutos, o Vitória abriu o marcador. Nádson estava livre no segundo pau e só mandou para o fundo das redes depois que Dudu Cearense ganhou uma disputa de cabeça com a zaga atleticana.

Em desvantagem, o Furacão tentou ir para cima, mas a baixa qualidade técnica do time impediu qualquer reação. Vadão tirou Ilan e Kleberson e colocou em campo Fernando e Rodriguinho, mas não houve muita diferença.

Adriano, em jogadas individuais, ainda tentou o gol de empate, mas parou sempre na defesa baiana. O Vitória teve o lateral Maurício expulso depois de uma falta violenta, mas o Atlético não conseguiu aproveitar o desfalque do adversário.

15° Rodada – (29/06) – Vitória 1 x 0 Atlético – Barradão
A: Rogério Pereira da Costa (MG); CA: Adriano, Kleberson e Dagoberto; CV: Izaías e Maurício; G: Nádson, aos 16 do 2°.

VITÓRIA: Paulo Musse; Maurício, Adaílton, Marcelo Heleno e Almir; Ramalho, Dudu Cearense, Vander (Alecsandro) e Róbson Luís (Samir); Nádson (Alessandro Azevedo) e Zé Roberto. T: Edinho.

ATLÉTICO: Diego; David, Capone, Rogério Corrêa e Ivan; Izaías, Luciano Santos, Kleberson (Rodriguinho) e Adriano; Ilan (Fernando) e Dagoberto (Selmir). T: Vadão.

Fotos: Barradão Online / Luciano Santos



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…