1 jul 2003 - 13h37

Editorial: “Repúdio à ignorância”

Em face dos recentes acontecimentos relatados pela imprensa, a Furacao.com vem a público se manifestar através do seguinte editorial:

A Arena da Baixada, motivo de orgulho da nação rubro-negra, acaba de completar quatro anos.

Ao invés de homenagens, a casa dos atleticanos foi atacada por vândalos. Ontem, as paredes do Joaquim Américo amanheceram pichadas, supostamente por uma ala da torcida, insatisfeita com a diretoria.

Mais do que degredar a Arena, esse ato repugnante fere na alma todo atleticano.

Não há razão no mundo que justifique tal atitude. Nem gols perdidos, nem derrotas, nem más campanhas. Nem mesmo se o Atlético caísse para a quinta divisão.

Há outros meios de manifestar sua insatisfação com o clube, com a diretoria, com a comissão técnica, com os jogadores, com os funcionários ou com quem quer que seja.

Quem fez isso não é atleticano. Atleticano cuida da Arena como se fosse sua casa.

Quem fez isso é um covarde. Que, sem coragem de protestar como homem, ataca na calada da noite.

Que a diretoria do clube reforce a segurança noturna nos arredores da Arena. E proíba esse tipo de gente de passar perto do Caldeirão.

Se você sabe quem foi o autor da façanha, denuncie.

E você, torcedor, a partir de hoje torne-se um guardião do Caldeirão. Não admita nenhum ato de vandalismo na querida Arena da Baixada. Vamos cuidar do melhor estádio do Brasil, porque ele é de todos nós atleticanos.

Equipe Furacao.com
O Melhor do Atlético na Internet



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Freguês sempre volta…

O jogo de ontem na Baixada merecia torcida. Se não fosse a Pandemia, seguramente teríamos 30 mil pessoas na Arena. O Athetico jogou bem, principalmente…

Fala, Atleticano

O que será amanhã?

Vendo que o Athletico aguarda só o final do Campeonato Brasileiro.. Apesar de ter jogos ainda por realizar, a postura do time nas partidas, diz…

Fala, Atleticano

Acarajé pesado

Fomos para a Bahia, desfalcados enfrentar o time desesperado do Bahia, precisando ganhar para sair um pouco da “fila da Zona”… Fomos com LE improvisado,…