19 jul 2003 - 14h02

Vencer ou vencer

No último treino antes de enfrentar o Bahia, o elenco atleticano disputou um racha recreativo. O time formado, principalmente por, Ivan, Adriano, Capone e Alessandro derrotou a equipe de Rogério Corrêa, Luciano Santos, Leomar, Dagoberto, Jadson e Rodriguinho por 7 a 3.


Ivan marcou 4 gols no treino

O destaque foi o lateral-esquerdo Ivan, que marcou 4 gols. Os outros gols foram marcados por Adriano, Tiago e Fabinho. No outro lado os gols foram anotados por Castorzinho, Rogério Corrêa e Rodriguinho.

Depois disso, Leomar, Rogério Souza, Capone, Dagoberto, Ivan, Alessandro e Jadson treinaram algumas jogadas ensaiadas orientadas por Vadão. Também foram treinados a cobrança de escanteios e faltas.


Alessandro treina cruzamentos

A única mudança na equipe em relação ao último jogo, contra o São Paulo, será o retorno de Alessandro e Dagoberto, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Apesar dos resultados negativos nas últimas partidas, o objetivo do grupo continua sendo o de terminar o primeiro turno entre os oito primeiros colocados. Para isso, o elenco rubro-negro terá que voltar a vencer, começando pelo Bahia no domingo.

Apesar do Bahia não ter vencido nenhuma partida fora de casa, a tarefa não será fácil. Os baianos tem um ponto a mais que o Atlético no campeonato e vêm a Curitiba em busca de pelo menos um empate.

O técnico Evaristo de Macedo terá quatro desfalques em sua equipe: Luiz Fernando e Luís Alberto (contundidos), Ramos (irá casar), Preto e Neto (suspensos). O esquema tático adotado pelos baianos será o 3-5-2.

19ª Rodada – (20/07) – Atlético x Bahia – Arena da Baixada
A:
Alexandre Barreto (RS) H: 16h

ATLÉTICO: Diego; Alessandro, Rogério Corrêa, Capone e Ivan; Leomar, Luciano Santos, Rodriguinho e Jadson; Dagoberto e Ricardinho. T: Vadão.

BAHIA: Emerson, Marcelo Souza, Accioly e Valdomiro; Fabiano, Otacílio, Jair, Danilo e Lino; Marcelo Nicácio e Nonato. T: Evaristo de Macedo.


Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…

Fala, Atleticano

Pandemia x Pandético

Infelizmente em 2020 tivemos que conviver com esta pandemia, isolando jogadores e torcida, mas como reflexão sabemos que a cada dia que passa esta situação…

Fala, Atleticano

Planejamento

Alguns equívocos sucederam a saída de Thiago Nunes da equipe principal, razão pela qual da queda brutal no desempenho em campo, este recuperado parcialmente para…

Fala, Atleticano

O pior Atletiba que eu vi

Olha, foi “tenso” assistir o Clássico… Sóbrio , ver o jogo, nem pensar… Jesus, que “Show de Horrores” !!!! Uma equipe, tentando jogar apesar de…