3 ago 2003 - 20h55

Vadão diz que ainda não foi comunicado

O técnico Oswaldo Alvarez declarou aos repórteres das rádios curitibanas que ainda não foi avisado da demissão pelo presidente Mário Celso Petraglia. Segundo ele, seu encontro com o presidente depois do jogo foi muito rápido e não houve tempo para eles falarem sobre isso.

“Até agora não me foi comunicado nada. Se caso isso ocorrer, é uma coisa absolutamente normal”, conformou-se ele. Vadão disse que viu o jogo de um local diferente do presidente.

Apesar de encarar como normal a demissão, Vadão não assumiu sozinho a responsabilidade pela má campanha do Furacão. “Todos nós temos a nossa parcela de responsabilidade. A campanha dentro de casa foi boa, poucas equipes conseguiram esse aproveitamento. Fora nós realmente destoamos. O peso que os treinadores carregam é maior e faz parte da cultura do futebol brasileiro”, afirmou ele.

Oswaldo Alvarez apostou na recuperação desse grupo. “É notório que a equipe do Atlético vai subir. Nessas últimas rodadas nós tivemos uma troca constante de jogadores e tivemos de usar os jovens valores, que deveriam ser usados nos momentos bons”, declarou.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Freguês sempre volta…

O jogo de ontem na Baixada merecia torcida. Se não fosse a Pandemia, seguramente teríamos 30 mil pessoas na Arena. O Athetico jogou bem, principalmente…

Fala, Atleticano

O que será amanhã?

Vendo que o Athletico aguarda só o final do Campeonato Brasileiro.. Apesar de ter jogos ainda por realizar, a postura do time nas partidas, diz…

Fala, Atleticano

Acarajé pesado

Fomos para a Bahia, desfalcados enfrentar o time desesperado do Bahia, precisando ganhar para sair um pouco da “fila da Zona”… Fomos com LE improvisado,…